PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Pec busca retomar espaço em meio a testes de Lisca por recuperação do Vasco

Gabriel Pec tenta recuperar espaço no Vasco em meio a testes de Lisca - Rafael Ribeiro / Vasco
Gabriel Pec tenta recuperar espaço no Vasco em meio a testes de Lisca Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

25/08/2021 04h00

Em busca de melhores resultados na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Lisca analisa o elenco e estuda soluções para fazer o time engrenar. Neste cenário, quem visa recuperar espaço na equipe é o jovem Gabriel Pec. Jogador com mais partidas pelo Cruz-Maltino na temporada, o camisa 11 iniciou 2021 em alta, mas, atualmente, vem sendo opção no decorrer das partidas e tenta mostrar valor em meio a uma reordenação do grupo.

A campanha modesta até aqui — 11ª colocação — e os recentes resultados, abaixo do esperado, pressionam diretoria, comissão técnica e jogadores. A torcida não esconde a insatisfação e, inclusive, realizou um protesto no último sábado, quando o clube completou 123 anos, na porta de São Januário. O próprio Lisca faz coro à decepção, e promete alterações para colocar o Cruz-Maltino no rumo.

Cria do Vasco, Pec viveu altos e baixos até o bom começo na atual temporada, quando chegou a ser artilheiro e virar "rei dos números" no time — em abril, em certo momento, era o líder na lista de gols, finalizações certas, cruzamento certos, desarmes, interceptações e faltas sofridas.

Ainda sob o comando de Marcelo Cabo, oscilou, mas foi titular em grande parte dos jogos e manteve uma média boa de minutos em campo, em torno de 70. Desde que Lisca assumiu, a equipe da Colina foi a campo em nove oportunidades, e Pec esteve em seis delas, tendo uma média de 31 minutos jogados. Após não ser utilizado contra São Paulo, pela Copa do Brasil, Vitória e Vila Nova, na Série B, o jovem atacante entrou na etapa final nos confrontos com o Remo, Londrina e Operário.

Até aqui, são 34 partidas, sendo o jogador no topo da lista com mais jogos em 2021. Além disso, segundo o Footstats, dentre os jogadores do Vasco no Brasileiro, é o segundo em finalizações certas, com 11, em dribles certos, com 16, e em assistências, com duas.

O comandante já enalteceu o atacante, a quem apontou como "muito interessante". Por outro lado, não esconde que busca um setor ofensivo mais maduro.

"O Cano teve as oportunidades, ficou na área, mas a bola não está entrando. O Pec entrou muito bem, é um jogador muito interessante. Vocês falaram as situações, do destaque no Estadual, e vamos ver a forma de colocá-lo na equipe. Optamos pelo Jabá ao lado do Marquinhos e estava bem feito. O Jabá, hoje, talvez seja um dos nossos principais jogadores. Mas a entrada do Morato com o Zeca por dentro foi o modelo que usamos contra o São Paulo e tomamos conta do jogo", disse Lisca, após a derrota para o Operário.

"O Pec com certeza vai nos ajudar bastante, o Caio entrou bem, o Andrey, o Matias [Galarza], mas talvez precisemos de mais maturidades e opções ofensivas. Está na hora do Vasco fazer um sacrifício e mudar esse panorama", completou

Elogios ao treinador

Em recente entrevista ao UOL Esporte, antes do jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o São Paulo, Pec avaliou o trabalho de Lisca, que ainda dava os primeiros passos na Colina, e disse que o comandante "tem transmitido muita confiança, principalmente para os garotos da base".

"Já dá para ver que ele é um cara sensacional. Brinca na hora que tem que brincar e é muito sério na hora dos treinos, jogos, de cobrar a gente. Ele está implementando a filosofia dele de trabalho, marcando a pressão, de ficar com a bola. Ele tem transmitido muita confiança pra gente, principalmente para os garotos da base. Lisca tem muita vibração no vestiário e acredito que isso passou muito para gente no jogo", apontou.

De olho em mais experiência

O Vasco está no mercado em busca de reforços para o elenco, a pedido do técnico Lisca. O treinador cruz-maltino apontou que acredita que o grupo seja muito jovem e faltem alguns elementos para um desempenho melhor em uma competição com as características da Série B.

Vasco