PUBLICIDADE
Topo

Eurocopa - 2021

Bale isola pênalti, mas País de Gales vence a Turquia na Eurocopa

Gareth Bale e Aaron Ramsey comemoram gol marcado na vitória sobre a Turquia - Naomi Baker/Getty Images
Gareth Bale e Aaron Ramsey comemoram gol marcado na vitória sobre a Turquia Imagem: Naomi Baker/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

16/06/2021 14h54Atualizada em 16/06/2021 15h12

Classificação e Jogos

Com atuação de altos e baixos de Gareth Bale, a seleção de País de Gales venceu a Turquia por 2 a 0 e garantiu, momentaneamente, a liderança do Grupo A da Eurocopa com 4 pontos.

Os turcos, por outro lado, estão zerados e precisam de um milagre na última rodada para um avanço de fase. Agora, os dois esperam o resultado de Itália e Suíça, outros países da chave que atuam ainda hoje.

Um dos destaques da partida vai para o pênalti desperdiçado por Bale no 2° tempo - a partida já estava sendo vencida por Gales por 1 a 0. O atleta do Tottenham, no entanto, se destacou dando duas assistências.

O UOL Esporte fez um resumo do que foi o agitado duelo da Eurocopa. Confira:

Toma lá, dá cá

Com as duas equipes lutando pela sobrevivência no torneio, a partida começou agitada e com ótimas chances para os dois lados.

A primeira delas veio com o time visitante: aos 5 minutos, Bale deu lindo passe para Ramsey dentro da área. O jogador da Juventus deixou o marcador no chão e finalizou forte ao gol de Çakir, que fez ótima defesa.

Três minutos depois, foi a vez de a Turquia assustar: YIlmaz recebeu cruzamento rasteiro de Under pela direita e bateu forte. A bola desviou na zaga e, por pouco, não parou dentro do gol de Ward.

Na metade da etapa inicial, a dupla Bale-Ramsey protagonizou outro momento de perigo. O astro do Tottenham deu nova enfiada em diagonal para o meio-campista que, mais uma vez, desperdiçou a chance, desta vez batendo para o alto.

Dois escanteios idênticos quase fizeram a Turquia abrir o placar entre os 28 e 29 minutos. Nos lances, jogadores do time mandante subiram de cabeça e o atacante Moore, que estava em cima da linha, afastou a bola.

Desencanta, Ramsey!

Depois de duas chances perdidas após passes em profundidade de Bale, Ramsey finalmente tirou o zero do marcador, já na casa dos 42 minutos.

Em novo lançamento do companheiro, o jogador dominou de peito no meio dentro da área e, com categoria, deslocou o goleiro turco: 1 a 0 para Gales.

Donos da casa pressionam

Apressada, a Turquia voltou para a etapa final pressionando Gales - e quase abriu o placar aos 8 minutos. Após escanteio, Demiral tocou de cabeça em direção à pequena área e Yilmaz, sozinho, fuzilou para cima do gol de Ward.

Que isso, Bale?

Apesar disto, foi Gales quem teve a chance de "matar" a partida. Aos 14 minutos, Bale conduziu a bola pelo setor esquerdo ofensivo e foi derrubado por Celik na entrada da área. A arbitragem marcou pênalti.

O próprio jogador do Tottenham se preparou para a cobrança e... isolou! O meio-campista finalizou no lado direito do goleiro, mas a bola passou (muito) longe da meta.

Chances perdidas, confusão e 2 a 0

Desde o lance de Bale, a Turquia passou a comandar as ações ofensivas do jogo, mas cedia contra-ataques ao adversário. As duas equipes, apesar de chegarem com facilidade ao gol rival, não caprichavam na hora da finalização.

Já nos acréscimos, uma confusão envolvendo Yilmaz e os zagueiros de Gales irritou e desconcentrou os jogadores turcos, que não conseguiram mais atacar com efetividade.

No lance final do duelo, o lateral Connor Roberts aproveitou uma jogadaça de Bale após escanteio curto e fechou a conta para os visitantes: 2 a 0.