PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG mantém Vargas em pauta e tenta liberação com clube do México

Eduardo Vargas, atacante da seleção do Chile, interessa ao Atlético-MG no mercado da bola - Divulgação
Eduardo Vargas, atacante da seleção do Chile, interessa ao Atlético-MG no mercado da bola Imagem: Divulgação

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

07/07/2020 04h00

Resumo da notícia

  • O Atlético-MG segue à procura de um camisa 9 no mercado da bola
  • Indicado por Jorge Sampaoli, o chileno Eduardo Vargas permanece na pauta
  • Entretanto, ainda há o entrave para a sua liberação pelo Tigres, do México
  • O diretor de futebol Alexandre Mattos autorizou um intermediário a conduzir as negociações
  • A ideia é contratar o atacante de 30 anos em definitivo

O Atlético-MG segue à procura de um camisa 9 no mercado da bola. Indicado por Jorge Sampaoli, o chileno Eduardo Vargas permanece na pauta do departamento de futebol. Entretanto, ainda há o entrave para a sua liberação pelo Tigres, do México.

O diretor de futebol Alexandre Mattos autorizou um intermediário a conduzir as negociações com o clube mexicano. A ideia é contratar o atacante de 30 anos em definitivo. No entanto, requer um acordo com o atual detentor de seus direitos.

Com contrato até 30 de junho de 2021, o jogador já deu sinal verde para uma volta ao Brasil, onde defendeu o Grêmio por empréstimo há sete temporadas. Ele e seu empresário, o também chileno Fernando Felicevich, aguardam um acordo entre os clubes para acertarem moldes de um provável contrato na Cidade do Galo.

Hoje, o principal entrave é a questão envolvendo a pandemia do novo coronavírus. As ações dos clubes mexicanos no mercado da bola estão congeladas desde a paralisação do futebol local. O fator atrapalha as tratativas pelo retorno de Eduardo Vargas ao Brasil.

O chileno não foi a única indicação de Jorge Sampaoli. Na lista do treinador, havia outros nomes. Adolfo Gaich, do San Lorenzo, e Nahuel Bustos, do Talleres, também foram procurados. Os valores pedidos pelos clubes argentinos, contudo, não agradaram.

Atlético-MG