PUBLICIDADE
Topo

Arnaldo: "Palmeiras, por enquanto, é o clube mais vencedor nessa pandemia"

Do UOL, em São Paulo

26/05/2020 11h00

Enquanto o Flamengo, clube em melhor situação financeira no futebol do Rio de Janeiro, se movimenta pelo retorno do futebol, o Palmeiras, que apresenta o quadro mais estável entre os clubes grandes paulistas aponta na direção contrária e projeta o retorno aos treinos junto aos rivais e apenas quando houver garantias de segurança para a retomada.

No podcast Posse de Bola #34, o jornalista Arnaldo Ribeiro afirma que o Palmeiras tem sido um exemplo em relação a seus rivais durante a pandemia do novo coronavírus e que isso tem ajudado a afastar uma imagem de clube antipático durante a gestão atual até a parada do futebol.

"O Palmeiras, de alguma forma liderou esse movimento em São Paulo até agora para a volta conjunta, uma volta mais solidária, uma volta na mesma data. Mais do que isso, foi o clube de São Paulo que desde o início, na questão de cortes nos seus investimentos, digamos assim, ele não priorizou cortar pelos mais necessitados, ele manteve os incentivos às categorias de base, ao futebol feminino, aos funcionários, não demitiu e ainda, em nota oficial, mostrou os cortes nas altas patentes nos salários como exemplo, então o Palmeiras foi virando exemplo nessa coisa toda, é o contraexemplo", diz Arnaldo (disponível no vídeo acima a partir de 17:01).

"As coisas no Palmeiras estão respingando a favor, o Palmeiras está melhor agora do que com a bola rolando. E essa discussão toda de atitudes de dirigentes e tal, conchavos, pressões, ela fica muito mais evidente quando a bola não está rolando, quando não está tendo jogo. O Palmeiras nessa pandemia, por enquanto, é o clube mais vencedor. Pelas atitudes todas, inclusive essa mais solidária em São Paulo com os seus rivais mais necessitados, porque São Paulo e Corinthians hoje são", completa o jornalista.

Arnaldo também avalia que a aproximação de outros clubes ao presidente da República no momento em que a aprovação de Jair Bolsonaro (sem partido) sofreu queda, ajuda a afastar a ligação com o Palmeiras que havia sido reforçada na premiação pelo título brasileiro de 2018, quando o político levantou a taça com os jogadores no gramado do Allianz Parque.

"Aquela aproximação do presidente da República que força a volta do futebol e, digamos, tem uma rejeição grande hoje em dia pela forma que está tratando a pandemia, aquela aproximação simbolizada pelo presidente levantando a taça em pleno Allianz Parque naquele Campeonato Brasileiro, ela ficou um pouco mais distante, ela foi diluída. O presidente que sempre gostava de vestir a camisa do Palmeiras e está vestindo as camisas de outros clubes, outros clubes estão batendo na porta do presidente", diz Arnaldo.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol