PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras pode voltar aos treinos na próxima semana, diz Rony

Rony foi titular do Palmeiras no duelo contra a Ferroviária pelo Paulistão - Bruno Ulivieri/Agif
Rony foi titular do Palmeiras no duelo contra a Ferroviária pelo Paulistão Imagem: Bruno Ulivieri/Agif

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/05/2020 13h59

O atacante Rony, do Palmeiras, falou hoje (25) sobre uma possível retomada dos treinamentos do time alviverde no centro de treinamento. O jogador da equipe palmeirense disse que uma reunião definirá a data exata do retorno.

Em entrevista ao Jogo Aberto, Rony afirmou que, apesar da expectativa, os jogadores ainda não fizeram os testes para covid-19. Uma reunião, marcada para esta semana, definirá o retorno do elenco ao Centro de Treinamento. Desde o fim das férias, o time realiza atividades físicas de forma remota. Vale lembrar que o Palmeiras tem reafirmado que aguarda o aval de autoridades médicas para retomar as atividades no CT.

"Tudo indica que voltamos na segunda. Tudo está encaminhando para que os treinos voltem na segunda, mas ainda nada concreto. A gente está esperando a reunião que vai ter. Tudo se encaminha para segunda-feira a gente se apresentar no CT do Palmeiras. Antes, temos que fazer exames para ver se não tem ninguém infectado, para não trazer nenhum problema para as outras pessoas", contou o jogador.

Já sobre sua chegada ao clube, Rony disse que não esperava ser titular logo nos primeiros jogos. Em relação ao esquema com quatro atacantes, e Dudu pelo meio, o camisa 11 destacou a mobilidade do esquema de Vanderlei Luxemburgo.

"Se fosse ia, eu já vinha convicto que eu ia jogar. Não teve nenhuma conversa com o professor a respeito disso (mudança de posicionamento de Dudu). Quando eu cheguei no Palmeiras, falei que ia buscar meu espaço. Eu comecei a treinar e não tinha expectativa de já entrar como titular", recordou Rony, que seguiu:

"Lá na frente, a gente não tem posição fixa. Cada um procura se movimentar da melhor maneira possível. A gente procura se movimentar bastantes, senão fica mais fácil dos adversários marcarem a gente".

O atacante, ainda comparou o estilo de Luxa ao de seu antigo técnico no Athletico-PR, Tiago Nunes:

"A semelhança é muito grande, porque o Luxemburgo pede muita intensidade dentro do jogo, e o Tiago Nunes não é diferente. O Luxemburgo pede para a gente entrar ligado nos jogos, e o Tiago Nunes é a mesma coisa", disse Rony.

UOL Esporte vê TV