PUBLICIDADE
Topo

Para Luxemburgo, futebol não escapa da pandemia: "Por que seria diferente?"

Do UOL, em São Paulo

22/05/2020 11h40

O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, disse em entrevista concedida hoje ao UOL Esporte que é preciso paciência para liberar o retorno do futebol no Brasil. De acordo com o treinador, não é possível analisar o esporte fora do contexto da pandemia do novo coronavírus. Neste momento, há clubes e federações do país discutindo qual seria o momento mais seguro de retomar as atividades, com especial destaque para o debate no Rio de Janeiro, onde o Flamengo já foi para campo, contrariando recomendações das autoridades locais.

"As pessoas estão querendo tirar muito o futebol do contexto do mundo. A pandemia é mundial, não é só no Brasil. E o futebol está dentro disso. Não tem que ser separado. O futebol está dentro do contexto da pandemia", disse.

De acordo com Luxemburgo, o impacto com a pandemia é global, atingindo diversos setores da economia de um país, que vão ter que arcar com os prejuízos. Nesse sentido, seria improvável tratar os negócios do futebol de modo diferente.

"As microempresas, as multinacionais, muitos vão quebrar, alguém vai sair sacrificado. Todo mundo vai ser prejudicado. Por que o futebol não passaria por isso? Tem que ser tratado dentro do contexto geral da pandemia", opinou.

Luxemburgo ainda elogiou a postura da Alemanha, que reativou seu campeonato nacional no final de semana passado e hoje faz sua segunda rodada pós-pandemia. Depois de ter administrado sua curva de casos de infecção e ter estabelecido um protocolo detalhado para que a bola voltasse a rolar. Porém, seria complicado fazer um contraponto entre a realidade do país europeu e a brasileira. Por isso, seria difícil tomar o exemplo germânico para repensar o calendário brasileiro. "Você não pode comparar a Alemanha com o Brasil. E lá eles olharam o futebol dentro do contexto", disse.

Palmeiras