PUBLICIDADE
Topo

Como Vasco superou chuva e susto para fazer melhor jogo com Abel

Jogadores do Vasco comemoram gol da vitória sobre o Oriente Petrolero (BOL), pela Copa Sul-Americana - Rafael Ribeiro / Vasco
Jogadores do Vasco comemoram gol da vitória sobre o Oriente Petrolero (BOL), pela Copa Sul-Americana Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

06/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

O relógio marcava por volta das 17h30 quando um verdadeiro dilúvio castigou a Zona Norte do Rio de Janeiro, principalmente o bairro de São Cristóvão, que abriga São Januário. As imagens do gramado tomado de poças e a notícia de que o estádio estava sem luz, imediatamente causaram preocupação aos jogadores do Vasco, que se imaginaram novamente vivendo o mesmo drama da semana passada: o adiamento da partida, como aconteceu contra a Cabofriense, pela Taça Guanabara.

Aos poucos, porém, a chuva foi perdendo força, as ruas do entorno foram sendo escoadas e, cerca de uma hora e meia antes do jogo pela Copa Sul-Americana, a energia foi restabelecida.

"Da outra vez estávamos jantando e começaram a mandar os vídeos para o nosso grupo de Whatsapp. E dessa vez foi igual. Ficamos pensando: 'Será que a gente vai chegar lá e...(risos)'. Mas graças a Deus pudemos jogar hoje, porque sabemos que jogar no horário que jogamos da outra vez (11h, no dia seguinte) é bem cansativo, bem maçante, ainda mais no início de temporada", disse o lateral esquerdo Henrique.

Com a partida confirmada, o Vasco venceu o Oriente Petrolero por 1 a 0 e saiu na frente no confronto da primeira fase da competição continental. Mais do que isso, o time de Abel Braga fez seu melhor jogo da temporada, Talles Magno voltou a render e Germán Cano demonstrou que é bem mais do que um atacante matador.

"Nós temos nos esforçado. Foi muito legal o apoio hoje (da torcida), muito bom. A entrega dos jogadores foi muito boa. Uma coisa que não vinha acontecendo muito é que nós criamos. Uma equipe que corre muito, que se posiciona bem. As coisas vinham criando ansiedade, mas o pessoal tem sabido superar. Vai engrenar. Tenho muita esperança que essa relação entre time e torcida vai crescer ainda", destacou Abel.

O jogo de volta contra o Oriente Petrolero, na Bolívia, acontecerá no próximo dia 19 e o Vasco atuará com a vantagem do empate para se classificar. Neste domingo, o Cruzmaltino vira a chave para a última fase de grupos da Taça Guanabara onde encara a Portuguesa. Porém, como já está eliminado da competição, Abel Braga deverá escalar um time reserva.

Vasco