Topo

Guilherme cita Luxa e Ceni, agradece procura e explica permanência no Sport

Guilherme tem 32 jogos e 11 gols com a camisa do Sport na temporada - Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Guilherme tem 32 jogos e 11 gols com a camisa do Sport na temporada Imagem: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Do UOL, em Santos (SP)

03/09/2019 18h21

No último mês, Guilherme, jogador de 24 anos emprestado ao Sport pelo Grêmio desde o começo do ano, foi alvo de interesse de clubes da Série A como Vasco e Cruzeiro. As negociações não avançaram e o atacante seguiu na Ilha do Retiro - ele tem contrato até o fim dessa temporada.

Em entrevista coletiva concedida hoje, Guilherme se disse grato pelo interesse dos clubes, citou os técnicos Vanderlei Luxemburgo e Rogério Ceni e explicou a sua permanência no Sport.

O atacante de 24 anos disse que, desde o início das sondagens, deixou claro que sua cabeça estava no Sport. Ele ressaltou ainda que continuou focado no time pernambucano durante as negociações.

"É gratificante ver que o nosso trabalho tem sido visto e reconhecido por grandes clubes da Série A. Teve a situação de Luxemburgo, no Vasco, e Rogério Ceni, no Cruzeiro. Qualquer atleta ficaria feliz, mas desde o começo eu deixei claro que minha cabeça era no Sport. E em campo não deixei a peteca cair. Continuei trabalhando e dando o melhor e vou continuar até o final do ano", disse.

Com a negativa de Guilherme, o Cruzeiro acabou acertando com outro atacante que estava emprestado ao Sport, mas pelo Botafogo: Ezequiel, de 21 anos.

"Tem um lado ruim e um lado bom. Ruim porque a gente perde um grande jogador, que nos ajudou muito. E eu sou suspeito a falar porque sou amigo particular dele desde 2017. Fico feliz por ele, pela evolução e crescimento. Estou na torcida pelo amigo e que ele tenha muito sucesso no Cruzeiro", acrescentou Guilherme.