Infomoto

Infomoto

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
ReportagemCarros

Roubo e furto de motos: 9 dicas contra os bandidos que incluem até vacina

Infelizmente, os dados mostram que o número de roubos e furtos de motos na capital paulista e na Grande São Paulo disparou no primeiro semestre deste ano. Segundo levantamento da empresa de rastreamento veicular Ituran, com base no balanço da Secretaria da Segurança Pública do Governo de São Paulo, esse tipo de ocorrência aumentou 29,3% na comparação com o mesmo período de 2022.

Embora já tenha sido vítima de furto de moto (e de carro também), nunca fui dos mais preocupados com esse tipo de crime. Primeiramente, porque sempre fiz o seguro das minhas motos - o que já me fez desistir de alguns modelos em função do alto valor do prêmio.

Apesar de não nutrir a paranoia de ter a moto roubada ou furtada, confesso que sou precavido. Só estaciono na rua se for inevitável e, mesmo assim, em locais mais movimentados. Sempre uso trava de disco. Evito circular em determinados horários por ruas e bairros onde esse tipo de crime é mais comum. E por aí vai.

Mas, contra fatos e dados não há argumentos. Os roubos e furtos de motos têm crescido muito. De tanto ouvir que sou louco por rodar com uma bigtrail diariamente, comprei uma scooter para os deslocamentos mais curtos. Além de me expor menos ao risco, é muito mais prática e econômica do que uma moto de 215 kg.

De qualquer forma, mantenho as mesmas precauções com a scooter. Ainda rodo com minha moto em deslocamentos maiores, passeios de fim de semana e viagens. Dessa forma, decidi compartilhar algumas dicas, que eu mesmo pratico, para evitar ter sua moto roubada ou furtada; confira.

  • Estacione com segurança: evite parar sua moto na rua, principalmente, à noite e em locais desertos. Sempre prefira um estacionamento, mesmo que o preço seja o mesmo cobrado por um carro.
  • Use sempre uma trava: Se for inevitável estacionar na rua, prefira locais mais iluminados e movimentados. Além disso, sempre trave o guidão e use um dispositivo de segurança. Prefira travas de disco ou correntes de aço (inox ou carbono), pois são mias difíceis de serem violadas. As travas com alarme e cabo evitam que você "esqueça" de tirar na hora de sair com a moto.
  • Vacina antifurto: outra opção são as vacinas antifurto que marcam o número do chassi nas peças principais da moto e prejudicam a venda dos itens no mercado paralelo. Não são nenhuma novidade, pois eu mesmo já usei em uma antiga moto, mas afasta os bandidos que pretendiam vender as peças no mercado paralelo.
  • Fique atento: quando estiver rodando em alguns bairros, onde esse tipo de crime acontece com mais frequência, procure pilotar mais "ligado". Não precisa correr, mas também não dá para ficar desfilando com a sua moto tarde da noite no centro de São Paulo, bairro com o maior número de furtos e roubos.
  • Varie o caminho: Evite fazer sempre o mesmo caminho nos seus trajetos diários também é uma medida que dificulta a ação de quadrilhas especializadas.
  • De olho no retrovisor: Preste atenção ao seu redor. Dois em uma moto sempre levanta suspeita, infelizmente. Nessas situações, se desconfiar de algo, uma opção pode ser parar em um posto ou entrar em algum estacionamento.
  • Atenção ao sair e chegar: Os momentos de saída e chegada da residência são os preferidos pelos ladrões para a abordagem seguida de roubo. Quando chegar em casa, dê uma volta no quarteirão e certifique-se de que não há pessoas com atitude suspeita. Procure se organizar quando for sair de casa e parta de uma vez.
  • Faça seguro: Atualmente, há mais seguradoras aceitando motos, inclusive, as de menor capacidade. As opções e valores também variam muito. É possível optar apenas por seguro contra roubo e furto, mas que não cobre sinistros, o que reduz o valor do prêmio.
  • Nunca reaja: Como nenhuma dica é infalível e o roubo e furto de moto continuam crescendo, infelizmente, vocêainda pode ser vítima desse tipo de crime. Se for surpreendido por bandidos e rendido, mantenha a calma e nunca reaja ou tente negociar. Coloque as mãos para cima e se afaste da moto. Nenhum bem é mias valioso do que sua vida.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes