PUBLICIDADE
Topo

Carnaval de São Paulo terá casamento LGBT em cima do trio durante bloco

Monique e Mari, que casarão durante o bloco Tarado Ni Você - Giselle Galvão/Divulgação
Monique e Mari, que casarão durante o bloco Tarado Ni Você Imagem: Giselle Galvão/Divulgação
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

12/02/2020 16h40

Resumo da notícia

  • Casal se conheceu durante o Carnaval, há dois anos, e combinou de casar
  • Cerimônia será em cima do trio, com direito a famosos
  • Bloco Tarado Ni Você está marcado para o dia 22

Um dos blocos mais tradicionais de São Paulo, o Tarado Ni Você irá na contramão da pegação carnavalesca e terá um casamento em cima do trio. A antropóloga Monique Lemos, de 26 anos, e a estrategista criativa Mari Santos, de 38, decidiram selar a união em plena folia. "A gente se conheceu no Carnaval de 2018 e ficou muito amiga depois de descobrir que éramos vizinhas. No Carnaval do ano passado, quando já estávamos namorando, a gente se olhou meio brincando e combinou de casar no Carnaval. E depois decidiu levar a ideia a sério", conta Monique, que já planeja o look para o grande dia. "Vai ser um casamento em que todo mundo pode ir de body e hot paint!"

A cerimônia terá a presença de vários amigos e familiares em cima do trio e será celebrada por uma artista famosa, que elas ainda insistem em manter em segredo. "Quando meus amigos souberam do casamento durante o bloco, eles riram no começo e não acreditaram. Depois ficaram muito felizes, vai ser uma festa com muito glitter. Minha mãe, a avó da Mari e outros familiares estarão no trio", afirma a antropóloga.

Os planos para lua-de-mel, no entanto, foram completamente descartados. "A gente vai continuar pulando na verdade, porque a gente ama muito carnaval. E provavelmente iremos também no bloco do Baiana System, onde nos conhecemos", diz Monique, que não acredita que o casamento vá contra a ideia de diversão da folia. "Eu acho que é a celebração máxima do amor, com todo mundo em busca da sensação mais pura de felicidade. Casamento não é uma prisão, a gente não tá ali celebrando a prisão de dois corpos, mas, sim, um contrato de que a gente quer se engrandecer e se potencializar juntas."

Marcado para o dia 22, o desfile do Tarado Ni Você terá o tema "Terra Transe", para celebrar o coletivo e a integração com a natureza, e sairá da esquina das Avenidas Ipiranga e São João. A concentração começa às 10h. "A ideia é convidar todo mundo para um transe coletivo", brinca Monique.

Fefito