PUBLICIDADE
Topo

Por que os grandes famosos fugiram dos camarotes neste ano?

Cauã Reymond e Mariana Goldfarb tentam escapar da chuva ao sair de camarote - AgNews
Cauã Reymond e Mariana Goldfarb tentam escapar da chuva ao sair de camarote Imagem: AgNews
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

01/03/2020 20h24

Resumo da notícia

  • Grandes estrelas da TV têm ficado de fora das festas nos camarotes
  • A razão é uma só: muitos só topam sair de casa com cachê
  • Por isso tem sido mais recorrentes ver ex-BBBs e influenciadores nos espaços

Em tempos de redes sociais bombadas, era mais comum ver famosos curtindo Carnaval em viagens com a família ou na avenida. Nos grandes camarotes, no entanto, a ausência de muitos foi sentida. Os tempos em que grandes estrelas da TV faziam questão de passear pelas áreas vips dos sambódromos parecem não se repetir. Neste ano, era mais comum ver influenciadores circulando pelos espaços do que galãs e mocinhas de novelas das nove.

A resposta para a ausência dos famosos é bem simples: agora, grandes celebridades só topam sair de casa para ganhar um bom dinheiro. Valorizar a presença é necessária para garantir um bom cachê, por isso, nem todo mundo aceita o convite de cara. O posto de musa de camarote, por exemplo, pode render até R$ 600 mil reais para uma atriz ou apresentadora, que tope posar para os fotógrafos e curtir a festa por dois dias seguidos durante algumas horas.

Se for para apenas um dia, caso de Cauã Reymond no desfile das campeãs, o valor sai mais barato, por volta de R$ 150 mil. Há até mesmo famosos que montam grupos para faturar juntos e têm um agente para isso. Funciona assim: um amigo entra em contato com um camarote e vende a presença vip de alguns atores por um preço fixo: R$ 200 mil para ter quatro nomes nos dois dias. E o valor do pacote é dividido entre todos.

Como nem todo camarote pode pagar a todos os famosos, muita gente acaba de fora da folia, caso de nomes como Juliana Paes e Giovanna Antonelli, que virou meme ao dizer que é muito caro tirá-la de casa.

Por causa disso, é mais fácil convencer ex-BBBs - sempre dispostos a aparecer -, jovens atores e influenciadores a comparecer nos espaços. Mas não se engane: astros da internet também faturam. Alguns são contratados por cachês que variam entre R$ 20 mil e R$ 60 mil. Ou seja: para ter um camarote cheio de estrelas, atualmente, é preciso desembolsar uma pequena fortuna.

Fefito