Topo

O poder dos alimentos

Seu prato torna sua vida mais saudável


O poder dos alimentos

8 lanchinhos que podem ser consumidos por quem tem hipertensão

iStock
Imagem: iStock

Samantha Cerquetani

Colaboração para o UOL VivaBem

28/06/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Pessoas com hipertensão precisam controlar o consumo de sal, e os lanches costumam ser refeições repletas de pegadinhas
  • Frutas secas, iogurtes, oleaginosas sem sal, chips caseiros e chocolate amargo são boas opções de snacks para esse público
  • Já itens como biscoito de polvilho, embutidos e salgadinhos industrializados devem ser consumidos com bastante moderação

A hipertensão, conhecida também como pressão alta, ocorre quando os níveis da pressão sanguínea nas artérias ficam elevados. Dessa forma, o coração passa a ter que realizar um esforço maior do que o normal para que o sangue circule pelo corpo. Esse problema de saúde é grave por ser um dos fatores de risco para doenças cardiovasculares, como infartos e AVC (acidentes vasculares cerebrais). De acordo com dados do Ministério da Saúde, a hipertensão afeta um em cada quatro brasileiros.

Alimentar-se bem é um dos pilares do controle da pressão alta. É importante também restringir o consumo de sal para prevenir a doença, que costuma ser silenciosa. Lembrando que o consumo diário recomendado atualmente é de 3 a 5 g de sódio.

Os cuidados com o sódio são importantes em todas as refeições, mas nos lanches intermediários podem ser verdadeiras pegadinhas. Isso porque os snacks, em geral, são elaborados com elevada quantidade de sódio. Por isso, toda a atenção na hora de optar por esse alimento.

A seguir, destacamos quais são as melhores opções e quais tipos os hipertensos devem evitar ou comer com moderação. A lista foi elaborada com a ajuda de Heron Rached, cardiologista e coordenador do Serviço de Cardiologia do Hospital Leforte, Claudia da Silva Fragata, cardiologista e especialista em arritmias cardíacas do Hospital Santa Cruz, Sueli Vieiras, cardiologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo e Maria Fernanda D'Ottavio, nutricionista do HCor.

Coloque no prato

iStock
Imagem: iStock

Nozes
As nozes contêm antioxidantes, fibras e magnésio, um mineral que desempenha um papel importante para controlar os níveis da pressão arterial. O ideal é comer pequenas porções devido à quantidade de calorias. Opte pelas opções sem adição de sal.

iStock
Imagem: iStock

Castanha-do-pará
Assim como as nozes, as castanhas-do-pará são ricas em magnésio. Esse nutriente contribui com a contração muscular e afasta o risco de a pressão subir e causar problemas cardíacos. As oleaginosas têm a função de vasodilatação, ou seja, dilatam os vasos sanguíneos. Evite as que vêm com sal.

iStock
Imagem: iStock

Chocolate amargo
Diferentemente do chocolate ao leite, que tem apenas 25% de cacau, o amargo contém de 70 a 90% de cacau e menos gordura na sua composição. Consumido com moderação é uma boa opção de snack. Um estudo mostrou que comer chocolate amargo está associado a um menor risco de doença cardiovascular. Uma boa pedida é adicionar ao chocolate amargo frutas como morangos ou mirtilos.

iStock
Imagem: iStock

Frutas secas
Esses alimentos são ricos em vitaminas e poliinsaturados, componentes importantes para a saúde. Mas atenção para não recorrer a mix industrializados que contêm outros componentes ricos em sal.

iStock
Imagem: iStock

Torradas e bolachas integrais
Uma boa opção para quem quer preparar um petisco é investir nas torradas integrais. Opte por recheios mais leves e com menos sódio como queijo branco, atum, musse de peito de frango, margarina sem sal ou geleia de frutas.

iStock
Imagem: iStock

Cenourinhas
As cenourinhas podem ser consumidas como snacks e são uma ótima opção, desde que seja sem sal. A cenoura tem muito potássio, que em níveis mais altos ajudam a regular a pressão arterial. Se for conservada em vinagre e sal, o ideal é realizar uma lavagem com água morna antes de consumir. Uma boa combinação é investir no humus, que é um molho de baixo teor de sódio.

iStock
Imagem: iStock

Iogurte com frutas
Consumir regularmente iogurte entre as refeições pode melhorar a saúde de quem tem pressão alta. É o que concluiu um estudo divulgado no American Journal of Hypertension, que contou com 55 mil mulheres e mais de 18 mil homens. Os pesquisadores concluíram que o consumo do alimento contribui para diminuir o risco de doença cardiovascular. Mas nesse caso, é melhor optar pela versão light para evitar o alto teor de gordura. Inclua frutas como morango, maçã ou banana.

Ronny Santos/Folhapress
Imagem: Ronny Santos/Folhapress

Chips de batata-doce
Pode ser mais complicado ter tempo para preparar um snack, mas eles ganham no sabor e saúde. É o caso dos chips de batata-doce, que pode ser feita com poucos ingredientes como azeite, pimenta e batata. Opte pela assada no forno e maneire no sal ou escolha temperos naturais. A batata-doce é indicada porque possui potássio. Esse nutriente ajuda a equilibrar a quantidade de água no organismo e provoca a excreção do sódio.

Melhor evitar

iStock
Imagem: iStock

Salgadinhos industrializados
Em geral, a maioria dos "petiscos" industrializados traz grande quantidade de sal na sua composição, o que é bastante prejudicial para quem tem hipertensão arterial. Eles trazem dois grandes vilões para a saúde cardiovascular: sal e gordura trans. Esses itens são responsáveis pela elevação da pressão arterial e aumento nos níveis de colesterol ruim, levando ao aparecimento de placas de gordura nas artérias. Nessa categoria encontram-se as batatas chips, os salgadinhos fritos, os assados e os extrusados, que são aqueles que parecem com a textura de um "isopor".

iStock
Imagem: iStock

Biscoito de polvilho
Esse alimento é composto por polvilho, leite e grande quantidade de sal. Estima-se que 100 gramas do biscoito contenham cerca de 1.092 mg de sódio. Por isso, é necessário consumir com muita moderação ou se possível excluir da dieta.

iStock
Imagem: iStock

Embutidos
Os hipertensos devem passar longe dos embutidos, devido à grande quantidade de sal. Por isso, qualquer snack como torradas e bolachas salgadas não devem ser recheados com salames, peito de peru, salsicha ou mortadela com tanta frequência.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Mais O poder dos alimentos