PUBLICIDADE

Topo

Fim de ano é época boa para limpeza energética da casa. Aprenda a fazer

Incenso e cristais contribuem para a limpeza energética do lar - Kiara Bloom/ iStock
Incenso e cristais contribuem para a limpeza energética do lar Imagem: Kiara Bloom/ iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

17/12/2021 04h00

Apesar de poder ser feita em qualquer época, realizar a limpeza energética da residência tem tudo a ver com os últimos dias do ano. Isso porque se trata de um momento de maior avaliação interna, despertando a disposição necessária para renovar a energia do local em que se vive.

"A casa é o lugar onde temos de nos sentir acolhidos e seguros. Para muitas pessoas, é como se fosse local de refúgio, sobretudo nos momentos em que precisam de descanso e paz", aponta Juliana Viveiros, espiritualista da plataforma iQuilíbrio.

Assim, quando a energia do imóvel não se mostra favorável, é comum os moradores começarem a se sentir ansiosos, perturbados e com dificuldades para relaxar ou dormir. "Em outras palavras, quando as vibrações são negativas, elas conseguem desequilibrar também nossos sentimentos e ações", explica a especialista.

É por causa disso que a limpeza energética de um lar se mostra necessária, principalmente no fim do ano, quando as pessoas que residem ali também se revelam mais necessitadas de reequilíbrio.

Como definir a data

Não há uma ocasião específica para realizar, mas a espiritualista indica seguir o próprio corpo e escolher um dia em que a pessoa esteja se sentindo bem e realmente disposta a iniciar uma limpeza.

No caso das mulheres, Juliana Viveiros sugere ainda observar o ciclo menstrual, optando por fases mais tranquilas e conectadas com a terra. "O momento do menstruar não é indicado para fazer limpezas e, sim, para recolhimento e agradecimentos", ressalta. As fases de lua nova e crescente também sãs as melhores para essa tarefa.

Preferencialmente, quem reside na casa deve por a mão na massa para reequilibrar o ambiente. Se for alguém de "fora", ou seja, que não more ali e/ou seja responsável pela faxina do imóvel, é preciso existir muita confiança nas intenções da pessoa que vai realizar a limpeza.

"Podemos pedir ajuda em relação ao que devemos fazer —a receita em si—, mas a ação de limpar deve ser efetuada por aquele que mora no ambiente", avalia Juliana. Para ela, "confiar na sabedoria ancestral, ouvir a intuição e força espiritual fazem com que as pessoas se conectem ainda mais com o 'eu' superior".

Hora de agir

De acordo com a espiritualista, são três fases a serem concluídas: a preparação da casa, a preparação pessoal e a limpeza energética em si. A primeira função, que faz parte da rotina doméstica, não precisa ser feita em um só dia e deve abranger todos os cômodos da casa.

"O importante é fazer tudo com calma e iniciar o processo separando e eliminando itens que estão quebrados, que não têm mais utilidade ou que não trazem boa recordação", orienta.

Entretanto, a tarefa principal precisa começar e terminar na mesma data. "É necessário para que se possa abrir e finalizar a energia de limpeza em um mesmo momento", diz Juliana, que ensina o passo a passo a seguir.

Preparação da casa

  • Eliminar objetos que não têm mais utilidade
  • Organizar todos os cômodos, nunca deixando objetos atrás das portas
  • Pensar em maneiras para deixar a casa mais agradável, como pintar parede de outra cor, adquirir mais plantas, colocar quadros mais harmônicos, etc.
  • Fazer uma faxina habitual em todos os ambientes da casa

Preparação pessoal

  • No momento da limpeza energética, optar pelo uso de roupas brancas
  • Durante todo o processo, carregar um cristal consigo, de preferência turmalina negra ou selenita
  • Meditar antes de começar a tarefa, a fim de limpar pensamentos e emoções

Limpeza energética

  • Preparar um balde com água, anil e alecrim. Pode ser usada outra erva de preferência, desde que se tenha conhecimento e domínio das vibrações e características da planta.
  • Acender um incenso em cada cômodo.
  • Espalhar um pouco de sal grosso em todos os cantos de paredes.
  • Molhar um pano branco novo, nunca usado, na mistura do balde e passá-lo pela casa inteira, sempre de trás para frente, finalizando na entrada.
  • Acender uma vela no cômodo de preferência ou onde exista um altar e rezar a oração preferida --Pai-Nosso, Ave-Maria, Credo, algum ponto da umbanda, entre outros. Pode-se também orar em cada cômodo, enquanto passar o pano molhado.
  • Por último, jogar a água que sobrou em todos os ralos da casa


Banheiro e entrada pedem atenção

Existem ambientes dentro de uma casa que concentram maior energia desarmônica como, por exemplo, o banheiro. Por isso é necessário mantê-lo sempre limpo e, de preferência, com a porta fechada. "Pode-se optar também por colocar uma essência cítrica e apostar em plantas que mudem o ambiente", ensina a espiritualista.

A entrada da casa é outro ponto que merece atenção especial. Como consequência de sua função, o local fica sujeito a receber qualquer tipo de energia, inclusive a dos moradores, em momentos que estão desanimados, descontentes com algo ou alguém ou, ainda, irritados.

"Acender incensos perto da entrada e investir em espelhos e mandalas são atitudes para um bom começo, a fim de controlar essas energias", sugere Juliana.