PUBLICIDADE

Topo

Cristal, chave, santo: o que carregar na bolsa para proteção e prosperidade

eclipse_images/Getty Images/iStockphoto
Imagem: eclipse_images/Getty Images/iStockphoto

Claudia Dias

Colaboração para Universa

02/12/2021 04h00

Acessório fashion pessoal, a bolsa pode ter outra utilidade especial pouco conhecida. Por estar sempre junto ao corpo, acaba se tornando praticamente um artigo de proteção, dependendo do que é carregado dentro dela. Outros pertences levados pra cima e pra baixo também ajudam a atrair prosperidade.

Segundo a terapeuta integrativa Sandra Maria da Silva, o acessório pode ser entendido como um amuleto, ou seja, "objeto que uma pessoa supersticiosa utiliza para proteção contra males, energias e magias".

"Um amuleto pode ser um talismã ou patuá. São sinônimos e o que difere é a aplicabilidade. Por exemplo, o patuá pode ser confeccionado com tecido, tendo a cor do orixá, signo, pedra e ervas. De maneira popular, o patuá protege e o talismã atrai sorte", diferencia a especialista.

Assim, cada pessoa deve escolher o que carregar na bolsa, já que os itens vão representar seu mundo e suas atitudes, sem certo ou errado. "Temos liberdade de acreditar no que nos faz bem", acrescenta Sandra Maria.

A seguir, ela comenta alguns itens indicados, o que eles simbolizam e a finalidade de cada um. Escolha o seu.

Chaveiros

Já que é praticamente impossível não ter um desses na bolsa, é melhor escolher algum que tenha significado e atraia algo positivo. Boas alternativas são:

Pimenta vermelha: muito comum em formato de penca em miniatura, também pode ser de apenas um fruto. A cor vermelha e, consequentemente, suas propriedades, quebram todo o mal que possa afetar a pessoa.

Hamsá (Mão de Fátima ou Mão de Miriam): é um símbolo de ação, poder e, principalmente, proteção.

Ferradura e trevo de quatro folhas: simbolizam proteção e atraem sorte.

As chaves presas nos chaveiros também agem positivamente, pois simbolizam proteção e abertura de caminhos.

Santos

Imagens de santos e anjos e orações impressas destinadas a eles são bem-vindos. A escolha deve ser feita de acordo com a devoção de cada um. Alguns exemplos são:

São Judas e Santo Expedito: ambos são requisitados para causas impossíveis.

Santo Antônio: atrai casamento e tem a ver com fartura.

São José: para quem busca trabalho e união familiar.

Saquinho de São José: confeccionado em tecido, deve trazer em seu interior uma moeda qualquer e a oração de São José impressa. "O dinheiro é para que ele nunca nos falte", diz Sandra Maria.

Cristais

Eles limpam e quebram energias densas por onde a pessoa circula - e ainda protegem. Mas cada pedra carrega uma particularidade.

Ametista: sua cor violeta vibra a transmutação das situações.

Turmalina preta: é muito usada para cortar vibrações pesadas e negativas.

Citrino e pirita: o brilho e a cor de ambos os cristais atraem prosperidade e bens materiais.

Saquinho da fortuna

A peça é confeccionada em tecido dourado para atrair bens materiais e bons negócios. Seu "enchimento" não é importante, mas sim o saco em si, pois é um amuleto de riqueza.

Olho grego

Outro item bastante conhecido, o olho grego pode ser adotado no formato de pedra ou mesmo em estampas. Serve para afastar o mau-olhado, além de representar o olho que tudo vê.

Medalha de São Jorge

"É um símbolo de proteção, pois São Jorge foi um guerreiro e guardião do bom combate. Segundo a lenda, mora na Lua e é o senhor dos caminhos", pontua a terapeuta integrativa.

Guias de orixás, terços e japamalas

Os cordões sagrados, feitos de diferentes materiais, são usados como objetos de proteção, firmeza, oração e meditação.

Estrela de Davi

Bastante adotada para simbolizar proteção, também tem a ver com a harmonização entre o masculino e feminino, o céu e a terra (a criação), sendo um elemento de prosperidade.

Miniatura de Buda

Herança oriental, carregar uma pequena imagem do mestre budista atrai paz, calma, felicidade e sorte.

Água benta, perfume e alfazema

Todos são indicados para limpeza das mãos e da energia de ambientes.

OM

Empregado em patuás, esse símbolo do mantra tem a energia do som e a vibração de tudo que criou. "Possui também os elementos da natureza, trazendo proteção", acrescenta Sandra Maria.

Folha de louro

Dentro da cultura popular, a folha desidratada do tempero deve ser mantida dentro da carteira para garantir fartura e dinheiro.

Nota de 1 dólar

Outra tradição é manter a cédula do dinheiro americano na carteira, para que a grana igualmente nunca falte.