PUBLICIDADE

Topo

Eclipses em 2020: saiba quando acontecem e quais serão seus efeitos

Saiba quando caem os eclipses de 2020 - iStock
Saiba quando caem os eclipses de 2020 Imagem: iStock

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

03/01/2020 04h00

Entre dezembro de 2019 e dezembro de 2020, presenciaremos sete eclipses —três solares e quatro lunares. Segundo a astróloga Maria Eunice Souza, todos os eclipses solares serão totais e todos os lunares serão parciais, uma peculiaridade que promete intensificar ainda mais os efeitos desses fenômenos.

O que isso quer dizer? "Que será um ano de muito rebuliço e questionamentos. Muitas transformações vão ocorrer nas esferas de poder mundialmente, inclusive com chefes de Estado", entrega.

Segundo ela, podemos esperar uma mudança de estruturação de grupos sociais, de família e uma verdadeira quebra do status quo. Isso se deve ao fato de os eclipses solares impactarem nas figuras que exercem qualquer tipo de autoridade, especialmente no arquétipo masculino. Para a astróloga, eles são mais potentes do que os eclipses lunares e trazem a sombra para nossa visão.

"Os períodos de eclipses favorecem as mudanças, representam o final de um ciclo e o início de outro. Nem todos são necessariamente tensos ou difíceis. Há eclipses que, na verdade, são bem positivos. O problema é que a gente está num contexto atual muito pesado. 2020 já é um ano de convulsões e esses eclipses corroboram com a sensação de tensão e transformações que nos são empurradas goela abaixo", diz.

Veja abaixo todos os eclipses de 2020 e seus efeitos.

Eclipse total do sol em Capricórnio - 26 de dezembro de 2019, às 2h13

Ele é muito potente e intenso, ainda mais por acontecer em conjunção a Júpiter. Isso traz uma coisa um pouco otimista, de crescimento e expansão. A gente tem nossa fé muito desafiada por toda realidade social. Por acontecer num contexto em que Saturno, o regente de Capricórnio, está em conjunção quase exata com Plutão, traz uma tensão ao redor das figuras de poder, de chefes de estado e de governo. Pode representar muitas reviravoltas na forma como o poder é conduzido e na forma como a sociedade se organiza. Há um contexto de transformações muito profundas e globais, que repercutem não apenas na nossa vida individual, mas têm um componente social coletivo muito forte.

Eclipse parcial da Lua em Câncer - 10 de janeiro de 2020, às 16h21

Ao contrário do eclipse de dezembro, ele representa um avanço para o futuro, uma liberação que nos coloca mais perto do nosso caminho de evolução e crescimento. Teremos uma conjunção muito potente de Mercúrio e Sol, representando a consciência. É interessante observar que o fenômeno acontece dois dias antes da conjunção exata de Saturno e Plutão em Capricórnio, que representa as instituições, os governos e o status quo. Na astrologia mundial, isso pode representar uma revolta pública. Um dos cenários possíveis é o das revoltas populares, que podem ser muito dramáticas e severamente reprimidas. Também é um eclipse que fala de separações dolorosas e que impacta principalmente as relações afetivas. O que quer que aconteça, porém, será para melhor.

Eclipse parcial da Lua em Sagitário - 5 de junho de 2020, às 16h12

Marte em Peixes conjunto a Netuno traz uma qualidade muito ilusória e que permite sermos explorados por nossa boa vontade. Portanto, precisamos ter cautela, já que estaremos sujeitos a muitos enganos. Poderemos retomar padrões antigos que já deveriam ser superados e será um período confuso para as relações afetivas, que podem sofrer com traições e rivalidades. Com Lilith entre a Lua e Vênus, teremos um período com muita rivalidade feminina. Ficaremos com a energia baixa e a sensibilidade alta, amplamente suscetíveis a todas as influências externas. Além disso, será um momento em que as pessoas estarão apelando para as paixões ideológicas, inclusive as mais fascistas.

Eclipse total do Sol em Câncer - 21 de junho de 2020, às 03h42

É um fenômeno que nos aponta para o futuro, mas ainda terá Vênus retrógrado colocando um peso nas relações e nas associações. Fala de restrições, inibições, separações e ilusões que ficam muito evidentes durante esse período. Teremos uma sensação de bloqueio e constrangimento, sem muita força ou vitalidade. Com isso, poderemos julgar as coisas de maneira errada e tomar decisões equivocadas, de forma iludida. Será bom esperar a tensão do eclipse passar antes de tomar alguma atitude. Mais uma vez o cenário nas relações fica sujeito à oscilações de humor das pessoas, o que traz diversas incertezas.

Eclipse parcial da Lua em Capricórnio - 5 de julho de 2020, às 01h44

Teremos Lua, Júpiter, Plutão e Saturno em Capricórnio se opondo ao Sol em Câncer.

Entra em questão a dualidade entre mãe e pai, família e sociedade. Estaremos nos sentindo feridos e excluídos socialmente. Temos um cenário um pouco doloroso para as nossas relações, especialmente as sociais. Poderemos vivenciar uma sensação muito forte de polarização, de fanatismo e de disputas. O lado masculino e as figuras de poder estarão muito frustradas, o que coloca o feminino em disputa mais uma vez. Há uma propensão à decisões repentinas que podem levar a incidentes abruptos. O clima é repleto de perdas, de controle e de frustração.

Eclipse parcial da Lua em Gêmeos - 30 de novembro de 2020, às 06h29

Com Marte em Áries num embate feroz com Plutão e Júpiter, o indivíduo se colocará contra o sistema, com ações incomuns que nascem de impulsos inconscientes. Podemos viver inibições causadas por surtos de doenças no coletivo. Há uma fragilidade física, uma desvitalização do corpo físico e até mesmo uma sensação de morte. Também há tendências a separações que podem ser causadas por traições, já que desejos abruptos e paixões avassaladoras podem acontecer. Além disso, há uma sensação muito forte de polarização entre a ordem e o caos, entre as coisas estruturadas e a anarquia. De positivo, estaremos buscando realizar aquilo que tem sentido para nós.

Eclipse total do Sol em Sagitário - 14 de dezembro de 2020, às 13h17

O Sol vai estar a pino e o eclipse será completamente visível na América do Sul. Isso implica de cara numa fragilidade do poder estabelecido, da figura do chefe de estado sendo eclipsada. Teremos uma sensação de muita confusão, de equívocos e exposição, com a revelação de fatos constrangedores. Viveremos transformações profundas e viscerais na esfera política, que será muito controladora. Podemos esperar revoltas populares e violência de um modo geral. Além disso, desejo intenso e atrações irresistíveis que nos fazem perder a cabeça no plano pessoal. Finalizações importantes acontecem na esfera íntima ou profissional, trazendo uma sensação de frustração. É importante ficar atento para evitar decisões precipitadas. É um eclipse muito intenso e importante para o Brasil.

Alto Astral