Topo

Beleza


Beleza

Creme redutor de medidas e gordura funciona? Entenda se vale a pena comprar

"Cada produto tem uma composição diferente e promete resultados distintos", explica a dermatologia Paula Chicralla - Getty Images
"Cada produto tem uma composição diferente e promete resultados distintos", explica a dermatologia Paula Chicralla Imagem: Getty Images

Renata Telles

Colaboração para Universa

16/08/2019 04h00

Cremes para reduzir gordura localizada existem aos montes nas prateleiras de farmácias e perfumarias. Eles costumam ser usados antes da academia ou durante uma sessão de massagem e prometem deixar a pele com aspecto mais uniforme -- e até mesmo diminuir medidas. Mas o que há de especial na fórmula desses produtos?

"Eles se utilizam de substâncias que ativam o metabolismo e melhoram a microcirculação. Alguns ainda atuam na diminuição de inflamação e dos radicais livres, auxiliando não só na diminuição da gordura, mas também no aspecto enrugado da pele", explica o dermatologista Damiê De Villa, do spa Kurotel, de Gramado (RS).

Para potencializar resultados, os cremes termogênicos devem ser aplicados pelo menos 30 minutos antes de fazer exercícios. Segundo a dermatologista Paula Chicralla, sócia-titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology, do Rio de Janeiro, existem diversos ativos poderosos.

"Os mais estudados são as algas marinhas, que eliminam toxinas que dão aquele aspecto de casca de laranja à pele; arnica, que tem ação anti-inflamatória e ajuda a melhorar a circulação; ginkgo biloba, que reduz a celulite; vitamina E, que provoca vasodilatação e ameniza o inchaço da área tratada; e cafeína, que acelera o metabolismo e promove a queima de gordura."

Além dos cremes que aumentam a temperatura e a circulação sanguínea no local em que são aplicados, existem produtos que agem pelo resfriamento da pele, como os com mentol ou cânfora. "A redução da temperatura leva à contração dos vasos e, em seguida, a uma vasodilatação e ao aumento do metabolismo, como uma reação do organismo para voltar à temperatura ideal. Os dois tipos ainda costumam conter ativos que estimulam a drenagem de líquidos e desincham o corpo, a centella asiática e a cavalinha, por exemplo. Vale lembrar que frequentemente a retenção de líquidos é confundida com o acúmulo de gordura", afirma Paula.

Não há milagre no potinho

Entretanto, esses cremes não são milagrosos. "Eles são apenas coadjuvantes de um estilo de vida saudável. Não há fundamento científico para o uso isolado", garante Damiê. O gel redutor precisa estar aliado a exercícios e boa alimentação: ou seja, não vale devorar um hambúrguer e aplicar o produto depois.

O dermatologista faz um alerta: alguns cremes podem causar reações alérgicas. "É bom consultar um médico antes de iniciar o uso."

Dicas ao aplicar

  • O produto deve ser usado sobre a pele seca e limpa. Nunca por cima de óleo corporal ou outro cosmético
  • Passe 30 minutos antes da academia, pelo menos três vezes por semana
  • Use o creme em movimentos circulares na área escolhida