PUBLICIDADE

Topo

Animal Crossing: por que o comércio de nabos está mobilizando a comunidade?

O comércio de nabos ("turnips") é coisa séria em Animal Crossing: New Horizons - Reprodução
O comércio de nabos ("turnips") é coisa séria em Animal Crossing: New Horizons Imagem: Reprodução

Tiago Alcantara

Colaboração para o START

22/05/2020 04h00Atualizada em 22/05/2020 12h44

Até mesmo quem nunca jogou Animal Crossing: New Horizons já deve ter esbarrado no termo "turnip" (nabo, na tradução para português) em alguma rede social ou grupo de amigos comentando o game de Nintendo Switch.

Acontece que o item é um dos assuntos mais comentados na internet sobre o "jogo de fazendinha" e tem uma mecânica de compra e venda viciante.

Com o sucesso do game, até mesmo mesmo celebridades andam pedindo ajuda nas redes sociais para venda dos tais nabos.

O item já existe desde edições anteriores do game e serve como uma espécie de simulação do mercado de ações. As flutuações intencionais no preço das turnips acontecem durante o período de uma semana e influenciam tanto a mecânica de viagens entre ilhas de amigos como também criaram um mercado paralelo do jogo.

O item ganhou uma proporção muito maior com o sucesso do jogo. Animal Crossing: New Horizons vendeu mais de 13,4 milhões de unidades em apenas seis semanas desde seu lançamento, de acordo com o último relatório fiscal da Nintendo.

O que são as turnips?

Em Animal Crossing, as turnips funcionam como um item que é vendido aos domingos, entre às 5h e às 12h. Ou seja, tem que acordar cedo no domingão para não perder a passagem da fofa vendedora Daisy Mae pela sua cidade. Normalmente, ela aparece momentos depois você iniciar a jogatina em sua ilha.

Os nabos são vendidos em pacotes de dez cada um e o preço flutua entre 90 e 110 por turnip. O único limite na compra do item é o seu dinheiro disponível. É altamente recomendável para quem quer está no começo do game e pretende avançar mais rápido que você guarde um bom saco de bells (nome da moeda corrente em Animal Crossing) para investir em turnips.

Turnips funcionam como um item que é vendido aos domingos, entre às 5h e às 12h. Ou seja, tem que acordar cedo no domingão para não perder a passagem da fofa vendedora Daisy Mae pela sua cidade

Com o lucro, dá para pagar facilmente os empréstimos para expansão da sua casa - Reprodução
Com o lucro, dá para pagar facilmente os empréstimos para expansão da sua casa
Imagem: Reprodução

Com os nabos na mão, basta esperar um dia com preço bom na sua loja local para lucrar com a venda. Os preços chegam a até cerca de 600 bells por turnips. Deu para entender o que gera a febre em torno do item? Você pode multiplicar o seu dinheiro em até seis vezes comprando e vendendo.

Mas, cuidado, já que o vegetal é bem sensível e apodrece depois de uma semana. Ou seja, se você não vendê-los até sábado, pode perder todo o investimento.

Viajantes no tempo

Se você perder o dia de comprar suas turnips, há uma pequena mutreta que pode salvar sua pele. Basta desconectar o Switch da internet, mudar o horário no console para algumas horas ou dias mais cedo e abrir sua ilha. Você vai se deparar com Daisy Mae e poderá comprar o tal item. Depois de salvar e fechar o jogo, pode voltar ao horário normal como um "viajante no tempo". Alguns jogadores consideram o método uma trapaça, mas o jogo penaliza pouco esse tipo de "jeitinho".

O único cuidado que você precisa ter é com as turnips já compradas. Se você tem os nabos bons na sua ilha, qualquer viagem no tempo (para o futuro ou passado) pode fazer com que todos os vegetais apodreçam de uma vez. Portanto, o ideal é realmente viajar no tempo apenas nas situações mencionadas (perda de dia ou para recuperar parte do prejuízo). Além disso, vale a pena notar que alguns bônus diários zeram quando você faz o procedimento, como a quantidade de Miles que você ganha por acessar o caixa eletrônico, por exemplo. Ou seja, viaje no tempo por sua conta e risco.

Jeitinho: dá para "viajar no tempo" e comprar nabos - Reprodução
Jeitinho: dá para "viajar no tempo" e comprar nabos
Imagem: Reprodução

Um ponto interessante de ressaltar é que, como já comentado, as turnips apodrecem após uma semana. O que significa que a viagem do tempo também pode ser usada para evitar que você "leve um nabo" e recupere parte do dinheiro gasto ao vender o item na sua própria loja. No entanto, nem tudo é ruim de ter um nabo podre na ilha: há um tipo de inseto que só é atraído pelo vegetal nesse estado de decomposição. Ou seja, vale a pena deixar uma única turnip apodrecida em um canto da sua ilha para completar seu catálogo de insetos.

Turnip Exchange: como lucrar em Animal Crossing

Existem alguns sites que ajudam os jogadores a venderem suas turnips por um preço melhor. Um desses agregadores de ilha é o Turnip Exchange, que oferece uma lista de ilhas ao redor do mundo. Dá para cadastrar a sua ilha de forma gratuita também, caso você queira visitantes.

Caso você queira vender o item pelo maior preço possível, se prepare para esperar em uma fila de visitantes. Mesmo com a ajuda do agregador, vale lembrar que as transações entre os jogadores não são "reguladas" por nenhuma mão invisível. Dá para selecionar as ilhas que estão cadastradas dentre as que não pedem gorjeta no Turnip Exchange - usando a opção "No" dentro do menu "Fees", mas isso não garante que os donos dos locais listados não tenham suas exigências.

Agregador te ajuda a encontrar ilhas com bons preços de "turnips" - Reprodução
Agregador te ajuda a encontrar ilhas com bons preços de "turnips"
Imagem: Reprodução

Há também algumas ilhas com todo um esquema de segurança para que você não pegue frutas, por exemplo. É sempre de bom tom dar alguma gorjeta e fazer suas transações o mais rápido possível.

Normalmente, os mais razoáveis pedem (ou aceitam) algum tipo de compensação financeira, como sacos com 99 mil bells e um ou dois Nook Miles Ticket por cada viagem que você precise fazer. Sempre tem aquela galera que exagera e pede coisas receitas raras, vários sacos de dinheiro, vários pedaços de ouro e fragmentos de estrelas, por exemplo.

Aqui, vai de quanto tempo você tem para ficar numa fila e também da sua ganância. Afinal de contas, depois de uma ou duas vendas bem feitas já dá para fazer dinheiro suficiente para comprar todas as expansões para sua casa no jogo. A dica é tentar vender os itens ao longo da semana e não deixar para a última hora - quando a procura cresce e as exigências para vender nessas ilhas é maior.

Dá pra fazer fortuna em Animal Crossing: New Horizons, mas vale a pena? - Reprodução
Dá pra fazer fortuna em Animal Crossing: New Horizons, mas vale a pena?
Imagem: Reprodução

Com mais dinheiro no bolso, é possível comprar itens melhores, renovar o guarda roupas e pagar por melhorias na ilha (pontes e rampas), mas lembre-se que isso também pode deixar o jogo menos interessante depois que você acumular uma certa quantidade de dinheiro.

Além da clara ligação que o jogo faz com o mercado de ações, há quem use "O Capital", de Karl Marx para explicar o motivo pelo qual você deveria comer as tais das turnips e não vendê-las. No fundo, o que a "economia das turnips" mostra em "Animal Crossing: New Horizons" é a lei de oferta e procura. Afinal de contas, como o próprio Tom Nook prova - por mais fofo e bonitinho que seja o jogo - é que ainda vivemos em um mundo capitalista.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol