PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja o ranking de ibope da TV aberta; RedeTV já ronda o "traço"

Marcelo de Carvalho, sócio da RedeTV, apresenta o Mega Senha, que dá 1,2 ponto de ibope - Divulgação/RedeTV
Marcelo de Carvalho, sócio da RedeTV, apresenta o Mega Senha, que dá 1,2 ponto de ibope Imagem: Divulgação/RedeTV
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

04/02/2022 00h09

Saíram os resultados da pesquisa mensal da Kantar Media, de audiência da TV aberta no Brasil.

Eis o ranking dos 16 canais abertos com alcance nacional. Os dados foram obtidos pela coluna por terceiros, uma vez que a Kantar não pode, contratualmente, divulgá-los para não clientes.

Posição, TV, ponto de ibope e "share" (%) nas 24 horas - Média Nacional

1 - Globo: 10,80 pontos e 31,2%
2 - RecordTV: 4,11 pontos e 11,2%
3 - SBT: 3,34 e 9,8%
4 - Band: 1,1 e 3,15%
5 - TV Brasil: 0,32 e 0,94%
6 - RedeTV: 0,283 e 0,817%
7 - TV Cultura: 0,216 e 0,63%
8 - Record News: 0,187 e 0,54%
9 - Rede Vida: 0,119 e 0,343%
10 - TV Gazeta: 0,05 e 0,16%
11 - CNT: 0,03 e 0,10%
12 - TV Novo Tempo: 0,03 e 0,08%
13 - RIT: 0,02 e 0,06%
14 - TV Escola: 0,01 e 0,03%
15 - TV Câmara: 0,01 e 0,03%
16 - TV Senado: 0,01 e 0,02%
17 - TV Justiça: 0,00 e 0,00%

* Cada ponto equivale a cerca de 270 mil domicílios; ibope nacional

Os números

De surpresa, no ranking acima, o resultado da governista RedeTV. Aparentemente, nem mesmo os 30% de bolsonaristas convictos do país estão prestigiando a programação.

Menos de 1% do total de TVs sintonizadas na emissora nas 15 maiores regiões metropolitanas medidas pela Kantar Media.

A emissora de Osasco fechou o mês passado com 0,283 ponto. Nem mais o jornalismo da casa salva mais, desde que definhou e se tornou um produto que pode ser considerado "100% chapa-branca".

Essa queda vem aumentando a cada ano. Para ter uma noção, em comparação com 2020, a queda chega a 32%. Se falarmos de janeiro de 2019, no começo do governo Bolsonaro, a audiência diminuiu em 40%.

Para agravar a situação, a RedeTV, 6ª colocada e TV comercial, já tem uma concorrente bem próxima: a paulista e pública TV Cultura, 7ª colocada, com 0,216 ponto e 0,6% de "share" nacional.

Já a Record News se firma como a 8ª emissora aberta do ranking, com 0,187 ponto e 0,54% de "share".

Está à frente de canais abertos como TV Gazeta, Rede Vida, CNT, RIT etc; e também do canal pago GloboNews).

Espantoso

Mais notável ainda, no ranking acima, é a audiência de três emissoras públicas: TV Câmara, TV Senado e TV Justiça.

As três somadas dão 0,2 ponto de ibope. Custam bilhões aos contribuintes (e ainda tem as rádios e sites das três).

Cada ponto na medição acima equivale a cerca de 260 mil domicílios, cada um com cerca de três moradores em média.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops