PUBLICIDADE
Topo

Amber Heard revela dor ao enfrentar Johnny Depp na Justiça: 'Pago o preço'

Atriz Amber Heard chega a tribunal de Londres - HENRY NICHOLLS
Atriz Amber Heard chega a tribunal de Londres Imagem: HENRY NICHOLLS

De Splash, em São Paulo

09/04/2022 18h34

A atriz Amber Heard, de 35 anos, publicou um texto em seu Instagram revelando que vai se ausentar das redes sociais pelas próximas semanas, já que vai enfrentar seu ex-marido, Johnny Depp, diante da Justiça.

Na carta, ela agradeceu pelo apoio que vem recebendo de fãs e seguidores, e expressou o desejo de seguir em frente:

"Sigo pagando o preço, mas espero que, quando este caso se encerrar, eu possa seguir em frente, e Johnny também."

Johnny Depp moveu um processo por difamação contra a ex-esposa em 2018, e pede indenização de US$ 50 milhões (R$ 235 milhões). Os pedidos da atriz para que o processo fosse arquivado foram negados, o julgamento está marcado para começar na próxima segunda-feira.

"Vou ficar offline nas próximas muitas semanas", começa a atriz no texto. "Como vocês devem saber, estarei em Virginia, onde vou enfrentar meu ex-marido Johnny Depp em Corte. Johnny está me processando por um editorial que escrevi no Washington Post, em que recontei a minha experiência com violência e abuso domésticos. Eu nunca o mencionei, e escrevei sobre o preço que mulheres pagam ao denunciarem homens no poder."

Depp - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Johnny Depp processa Amber Heard por editorial publicado pelo jornal The Washington Post em 2018
Imagem: Reprodução/Instagram

"Sigo pagando o preço, mas espero que, quando este caso se encerrar, eu possa seguir em frente, e Johnny também. Sempre mantive um amor por ele e me traz muita dor ter que reviver os detalhes da nossa vida juntos em frente ao mundo. Neste momento, reconheço o contínuo apoio que recebi ao longo dos anos. Nas próximas semanas, vou me amparar nisso mais do que nunca."

Em novembro de 2020, Depp perdeu um caso no Reino Unido que moveu contra o tablóide "The Sun", que o chamou de "agressor de esposas" em um artigo publicado em 2018.

Há anos, o ator vem alegando que sofre 'boicote" por Hollywood, e chegou a ser substituído da franquia "Animais Fantásticos e Onde Habitam". Nos dois primeiros filmes, ele interpretou o vilão Gellert Grindlwald. Para o terceiro filme, que chega os cinemas na próxima semana, o personagem passa a ser vivido por Mads Mikkelsen.