PUBLICIDADE
Topo

Adiamento de Olimpíadas alivia Globo e Band, que planejam nova logística

Galvão Bueno durante transmissão - Reprodução
Galvão Bueno durante transmissão Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

24/03/2020 14h44

O anúncio de que os Jogos Olímpicos de Tóquio foram adiados para 2021 aliviou os departamentos de Esporte da Globo e do BandSports, que têm os direitos de transmissão do evento. Agora, os canais, que já esperavam a mudança de data, se planejam para acertos logísticos da cobertura.

No caso da Globo, a emissora já entrou em contato com a empresa que estava construindo o estúdio que ficaria em frente à Baía de Tóquio e seria usado para os telejornais e transmissões do Grupo Globo, para mudar o planejamento.

A logística de deslocamento dos profissionais ainda não havia sido feita, porque a Globo esperava justamente um possível adiamento. Assim que uma data nova sair, a emissora carioca pretende cuidar dessa questão. A lista de 102 profissionais que foi escalada para viajar para o Japão neste ano, a princípio, não deve sofrer alterações - apenas se algo excepcional ocorrer.

O pacote comercial para que patrocinadores possam anunciar nas transmissões do Grupo Globo dos Jogos Olímpicos continuará no mercado. A Globo disponibilizou seis cotas custando R$ 96,9 milhões cada uma, podendo faturar até exatos R$ 581 milhões caso consiga vender todas.

As empresas que patrocinaram os Jogos do Rio em 2016 têm prioridade para renovar. A cota vale para exibição dos jogos, seja na TV aberta, no SporTV ou na cobertura pela internet. Foi a primeira vez que a Globo fez uma vendagem comercial integrada no Esporte.

No BandSports, braço esportivo da Band, o adiamento foi encarado com tranquilidade. Na visão da direção da emissora, quem foi contratado seguirá vinculado ao canal sem problemas. Negociações que estavam em andamento serão discutidas com muito mais calma.

Outro ponto são os chamados fornecedores de logística do canal esportivo. Os acordos também serão rediscutidos quando os problemas causados pela pandemia de coronavírus dominuírem. Os contratos já fechados também serão mantidos, mas com detalhes sendo acertados de forma mais lenta e gradual.

Por fim, o pacote comercial das Olimpíadas no BandSports também seguirá nas agências de publicidade. Ao todo, a emissora disponibilizou seis cotas de patrocínio pelo valor de R$ 10 milhões cada uma. Três patrocinadores já foram fechados, e a expectativa é que os outros acertem nos próximos meses, já que existem negociações avançadas nesse sentido.

Band: Primeiro-ministro do Japão anuncia adiamento da Olimpíada

Band Entretenimento

Olimpíadas