PUBLICIDADE
Topo

Paulista - 2021

Governo de SP libera futebol; FPF confirma volta do Paulistão no sábado

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo

09/04/2021 08h46Atualizada em 09/04/2021 14h20

Classificação e Jogos

O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, confirmou hoje que o futebol profissional, sem público e com novos protocolos de segurança, poderá ser retomado a partir das 20h de hoje. A medida é uma das mudanças que acompanham a volta do estado para a fase vermelha do Plano SP, que irá durar ao menos até o dia 18 de abril, conforme o governo paulista anunciou em coletiva de imprensa.

Com a liberação do governo, a Federação Paulista de Futebol já anunciou que vai retomar as partidas do Campeonato Paulista a partir de amanhã (10). A reportagem do UOL Esporte apurou que os clubes já estão definindo a logística para jogar na noite deste sábado (10).

"[Há] Permissão para eventos esportivos profissionais sem público, e a partir das 20h [está] autorizada a volta do esporte coletivo profissional sem torcida, apenas com transmissão pelos veículos de comunicação", confirmou Garcia.

A secretária de desenvolvimento econômico do estado, Patricia Ellen, explicou a mudança. "Tivemos discussões com Ministério Público para criar um protocolo rígido, inclusive de testagem. Outro ponto importante foi o horário depois das 20h, exatamente porque o toque de recolher é nesse horário para evitar aglomerações."

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), já havia revelado mais cedo, em entrevista à rádio CBN, que o Campeonato Paulista seria retomado. "Eu amo futebol, adoro futebol, sou torcedor do Santos Futebol Clube e tenho muita paixão pelo futebol, gosto de jogar e de assistir. Mas quem toma a decisão é o Centro de Contingência da covid-19 e, neste caso, juntamente com o Ministério Público [MP-SP], porque houve uma manifestação feita há duas semanas pelo MP-SP, sugerindo que o governo do estado suspendesse os jogos da Federação Paulista de Futebol [FPF]", explicou Doria na entrevista, antes de complementar:

"Ontem, no início da noite, o MP, depois de várias reuniões com a FPF e com a participação do coordenador do centro de contingência, doutor Paulo Menezes, tomou a decisão de liberar os jogos do Campeonato Paulista. Isso será anunciado hoje oficialmente na coletiva de imprensa", afirmou.

A orientação feita pelo Ministério Público e acatada pelo Centro de Contingência foi, obviamente, acatada também pelo governo de São Paulo.
Governador João Doria

26 dias sem jogos

O futebol em São Paulo está paralisado desde o dia 15 de março, quatro dias depois de Doria anunciar que as partidas no estado estariam suspensas na nova fase emergencial do Plano SP.

O movimento pela interrupção do futebol paulista ganhou força no dia 9 de março, quando foi recomendado pelo Ministério Público. Clubes chegaram a ser avisados que o governo havia decidido pela paralisação. Durante dois dias, um lobby envolvendo CBF, Federação Paulista e detentores de direitos de transmissão entrou em ação, mas sem sucesso.

Covid-19 em SP

O estado de São Paulo chegou ontem a 2.597.366 casos confirmados do novo coronavírus e 80.742 mortes em decorrência da covid-19, segundo a Secretaria Estadual da Saúde.

Hoje, há 28.147 internados com quadros graves da doença, sendo mais de 12 mil em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 15 mil em enfermaria.

A fase emergencial do Plano SP, que motivou a paralisação do Campeonato Paulista, está prevista para acabar no domingo (11). Entretanto, o governador pode anunciar a prorrogação da fase durante a coletiva de hoje por mais uma semana após pedido do Centro de Contingência do Coronavírus.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI estão em 88,6% no estado e de 88% na Grande São Paulo. Os dados de ocupação de leitos são os menores do mês de abril até agora, segundo o governo, e essa é a primeira semana do mês.