PUBLICIDADE
Topo

FPF confirma W.O. do Flamengo na Copinha, mas não menciona punição

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, e Marcos Braz, vice de futebol comemoram título da Libertadores - DELMIRO JUNIOR/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, e Marcos Braz, vice de futebol comemoram título da Libertadores Imagem: DELMIRO JUNIOR/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

03/01/2020 12h42

Classificação e Jogos

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou hoje (3) pela manhã a exclusão do Flamengo da atual edição da Copa São Paulo. O time carioca gostaria de fazer mudanças na lista de inscritos, o que não é permitido pelo regulamento, e optou por desistir do torneio de base. Assim, todos os jogos da equipe na primeira fase foram decididos por W.O. para os adversários flamenguistas.

Água Santa, Trem e Vitória da Conquista, então, largam com três pontos cada no Grupo 25. No comunicado emitido pela FPF, entretanto, não aparece nenhuma sanção extra aos rubro-negros. A desistência da Copinha pode implicar em punições para edições futuras, segundo o regulamento.

O Flamengo queria alterar a lista de inscritos porque decidiu usar o time sub-20 no início do Campeonato Carioca, e assim respeitar os 30 dias de férias para os profissionais que disputaram o Mundial de Clubes no fim de dezembro. As competições ficariam encavaladas em janeiro, então a ideia era colocar atletas mais novos para a Copinha.

MAIS COPINHA:
- Santos volta ao estádio que poderia ter sido primeiro palco de Neymar
- Fluminense estreia na Copinha com goleada sobre time de técnico japonês

O problema é que esse pedido foi feito após o prazo limite estipulado pela FPF, em 25 de novembro. Ali, o Flamengo já era campeão da Copa Libertadores da América e sabia que estaria no Mundial de Clubes até o dia 21 de dezembro, o que obrigaria o clube a retardar a reapresentação do elenco principal em 2020.

Confira a nota oficial emitida pela FPF:

A Federação Paulista de Futebol vem a público informar que:

1 - Recebemos no dia 27/12/2019 ofício do Clube de Regatas do Flamengo solicitando autorização para inscrever mais 10 atletas na Copa São Paulo 2020, além dos 30 previamente inscritos, por conta da intenção de uso de jogadores Sub-20 na Taça Guanabara;

2 - O Regulamento da Copa São Paulo 2020, no entanto, prevê que os clubes poderiam inscrever ou alterar a lista de atletas até 25/11/2019, dois dias após o título da Libertadores e, consequentemente, à classificação para o Mundial de Clubes;

3 - O Regulamento da Copa São Paulo 2020 é claro ao afirmar, em seu artigo 16, parágrafo quarto, que "não haverá substituição de atletas inscritos, em nenhuma hipótese". A FPF, organizadora do maior campeonato de base do Brasil, em respeito à lisura da competição e aos demais 127 clubes participantes que seguiram o prazo estipulado, fez cumprir o regulamento e negou o pedido do Flamengo no dia 30/12/2019;

4 - Hoje, sexta-feira, 3/1/2020, a FPF recebeu ofício do Clube de Regatas do Flamengo declarando oficialmente sua desistência da Copa São Paulo. Lamentamos profundamente a decisão do clube, tetracampeão da competição;

5 - Os jogos do Flamengo na primeira fase serão decididos com W.O. em favor dos adversários;

Flamengo