PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Quem está melhor no futebol pós-quarentena: Messi ou Cristiano Ronaldo?

Messi e Cristiano Ronaldo, durante sorteio da Liga dos Campeões, no ano passado - Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images
Messi e Cristiano Ronaldo, durante sorteio da Liga dos Campeões, no ano passado Imagem: Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

30/06/2020 04h00

Classificação e Jogos

Lionel Messi e Cristiano Ronaldo são os grandes protagonistas do futebol mundial há mais de uma década. Não à toa, das últimas 12 edições da eleição de melhor jogador do planeta, 11 foram vencidas pela dupla. Já são seis títulos para o argentino e cinco para o português.

Mesmo já tendo 30 e poucos anos e caminhando para a reta final da carreira, os dois craques ainda são os caras que todos querem ver. E tem sido assim também desde que o futebol retornou após a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Mas quem será que tem jogado melhor nessas primeiras semanas de retomada da modalidade nos principais campeonatos nacionais da Europa: o camisa 10 do Barcelona ou o número 7 da Juventus?

O número de jogos é parecido: Messi atuou cinco vezes, contra quatro de Cristiano Ronaldo. Cada um deles marcou dois gols desde o retorno. Apenas em assistências o argentino mostra uma grande superioridade: cinco passes para gol, contra dois do tradicional arquirrival.

E o craque do Barça realmente teve um início melhor nesta "parte 2" da temporada. Nos primeiros dois jogos pós-pandemia, contra Mallorca e Leganés, participou ativamente de quatro gols: dois marcados por ele e dois nascidos dos seus passes.

Já Ronaldo teve duas partidas trágicas assim que retornou das férias forçadas. Ele passou em branco contra Milan e Napoli, nas finais da Copa da Itália, e ainda teve um pênalti defendido pelo goleiro milanista Gianluigi Donnarumma.

Mas, aos poucos, as coisas parecem estar se invertendo. Messi empacou no 699º gol da carreira como profissional e não conseguiu balançar as redes em seus três compromissos mais recentes, ante Sevilla, Athletic Bilbao e Celta. Como consequência, o Barcelona acumulou tropeços e perdeu a liderança do Campeonato Espanhol para o Real Madrid.

CR7, por outro lado, recuperou o bom futebol. No começo da semana passada, fez um gol contra o Bologna. Sexta-feira, contra o Lecce, marcou mais uma vez e deu duas assistências na vitória por 4 a 0.

Com o crescimento do seu principal jogador, a Juventus conseguiu ampliar para quatro pontos a vantagem em relação à Lazio, vice-líder do Campeonato Italiano e maior ameaça a seu nono título nacional consecutivo.

De acordo com o "WhoScored?", site especializado nas estatísticas do futebol e que transforma o desempenho em fundamentos em avaliações de cada jogador, Messi leva vantagem sobre Ronaldo no pós-pandemia.

Sua nota média pelas últimas avaliações é 9,03, contra 8,08 do português. Por outro lado, o camisa 7 leva a melhor em algumas outras estatísticas, como as médias de finalizações (6,5, contra 4,8) e bolas perdidas (4,5, contra 4,6) por jogo.

Os dois astros têm novos compromissos hoje. O Barça recebe o Atlético de Madri, em jogo válido pela 33ª rodada do Espanhol. Já a Juventus visita o Genoa, pela 29ª rodada da Serie A italiana.

Cristiano Ronaldo x Messi no pós-quarentena

JOGOS: Ronaldo 4 x 5 Messi
GOLS: Ronaldo 2 x 2 Messi
ASSISTÊNCIAS: Ronaldo 2 x 5 Messi
APROVEITAMENTO: Ronaldo 66,7% x 73,3% Messi
NOTA*: Ronaldo 8,08 x 9,03 Messi
MÉDIA DE FINALIZAÇÕES: Ronaldo 6,5 x 4,8 Messi
MÉDIA DE DRIBLES: Ronaldo 1 x 6,6 Messi
MÉDIA DE PASSES PARA FINALIZAÇÕES: Ronaldo 1,5 x 3,4 Messi
MÉDIA DE BOLAS PERDIDAS: Ronaldo 4,5 x 4,6 Messi

*Avaliação do algoritmo da plataforma "WhoScored?", que dá nota aos jogadores a partir do desempenho deles em diferentes fundamentos de uma partida de futebol

Rafael Reis