PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Cristiano Ronaldo não para de fazer gols e já é o 3º na Chuteira de Ouro

Cristiano Ronaldo durante a derrota da Juventus para o Hellas Verona - Reuters
Cristiano Ronaldo durante a derrota da Juventus para o Hellas Verona Imagem: Reuters
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

11/02/2020 04h20

Classificação e Jogos

A Juventus foi derrotada por 2 a 1 pelo Hellas Verona e deixou a liderança do Campeonato Italiano. Mas o fim de semana não teve apenas notícias negativas para o principal jogador da Velha Senhora.

Com o gol marcado no tropeço de sábado, Cristiano Ronaldo chegou a 20 bolas nas redes nesta edição do Calcio e assumiu a terceira colocação da Chuteira de Ouro, prêmio concedido ao maior artilheiro das ligas nacionais da Europa na temporada.

Agora, o craque português de 35 anos soma 40 pontos na corrida pelo prêmio, mesma marca do alemão Timo Werner, do RB Leipzig. Ele só está atrás de Ciro Immobile, da Lazio, que tem 50, e Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, com 44.

Do quarteto favorito a levantar o troféu em 2019/2020, CR7 foi o único que deixou sua marca na rodada deste fim de semana.

Aliás, tem sido algo cada vez mais raro acompanhar uma partida da Juventus e não ver sequer um golzinho do camisa 7 mais famoso do planeta. Afinal, Ronaldo marcou nas últimas dez rodadas do Italiano - passou em branco pela última vez no dia 10 de novembro, contra o Milan.

Com isso, entrou de vez na briga para conquistar pela quinta vez na carreira a Chuteira de Ouro. Ele já foi campeão em 2008, quando defendia o Manchester United, e em 2011, 2014 e 2015, pelo Real Madrid.

CR7 é o segundo maior vencedor da história do prêmio. Ele só fica atrás de Lionel Messi, que levou a melhor em 2010, 2012, 2013, 2017, 2018 e também no ano passado. Nesta edição, o astro argentino do Barcelona ocupa apenas o 13º lugar, com 28 pontos.

Assim como Messi, o Brasil está fora do top 10 da Chuteira de Ouro.

Até o momento, o melhor brasileiro no ranking é João Pedro, ex-Santos e Atlético-MG, que atualmente defende o Cagliari e divide a 13ª posição com o camisa 10 do Barça. Neymar, do Paris Saint-Germain, tem 26 pontos e aparece logo na sequência.

O Brasil não fatura a taça desde 2001/2002, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada europeia. O ex-centroavante de Palmeiras e Grêmio também levantou o troféu em 1998/1999. Além dele, apenas Ronaldo (1996/1997) já colocou o país no lugar mais alto do pódio.

O "Blog do Rafael Reis" publica a cada terça-feira uma nova parcial da disputa.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º - Ciro Immobile (ITA, Lazio) - 50 pontos (25 gols)
2º - Robert Lewandowski (POL, Bayern de Munique) - 44 pontos (22 gols)
3º - Cristiano Ronaldo (POR, Juventus) - 40 pontos (20 gols)
Timo Werner (ALE, RB Leipzig) - 40 pontos (20 gols)
5º - Erling Haaland (NOR, Borussia Dortmund*) - 38 pontos (23 gols)
6º - Jamie Vardy (ING, Leicester) - 34 pontos (17 gols)
Romelu Lukaku (BEL, Inter de Milão) - 34 pontos (17 gols)
8º - Sergio Agüero (ARG, Manchester City) - 32 pontos (16 gols)
Wissam Ben Yedder (FRA, Monaco) - 32 pontos (16 gols)
10º - Erik Sorga (EST, Flora Tallinn) - 31 pontos (31 gols)

*Sete gols pelo Borussia Dortmund e 16 pelo Red Bull Salzburg

Rafael Reis