PUBLICIDADE
Topo

Diego Hypolito entra na política como candidato por partido de esquerda

Jair Bolsonaro e Diego Hypolito - Reprodução/Instagram
Jair Bolsonaro e Diego Hypolito Imagem: Reprodução/Instagram
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

27/09/2020 21h51

O ex-ginasta Diego Hypolito anunciou neste domingo (27) que é candidato a vereador em São Paulo. O medalhista de prata dos Jogos Olímpicos do Rio no solo está concorrendo a um lugar na Câmara Municipal da capital paulista pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

"Depois de refletir muito, vi que meu destino é tentar motivar e ajudar pessoas que como eu, precisam do esporte para crescer. E? uma decisão muito séria e que vou me dedicar para alcançar. Para que isso seja possível, preciso mais uma vez do apoio de vocês para poder ajudar o esporte e principalmente, ajudar vidas. Deixamos de sonhar por nossos obstáculos serem diários e muitas vezes, quase impossíveis, mas juntos vamos superar qualquer desafio", escreveu ele no Instagram.

Ao anunciar a candidatura, no primeiro dia oficial de campanha, Diego Hypolito não informou à qual Câmara Municipal está concorrendo, nem seu partido, o que disse que só faria na semana que vem. Mas, no sistema do TSE, é possível ver que ele concorre pelo PSB, um partido de oposição ao governo Jair Bolsonaro.

Quando Diego lançou sua biografia, no ano passado, dias depois de se encontrar com o presidente Jair Bolsonaro, um dos primeiros da fila de autógrafos, como registrou o Olhar Olímpico, era exatamente Márcio França, que é candidato a prefeito pelo PSB. França também apostou numa ex-atleta em 2018, quando Maurren Maggi foi candidata ao Senado pelo PSB. Ela não conseguiu se eleger e agora tenta uma vaga na Câmara de São Paulo pelo DEM. Maurren e Diego são amigos próximos.

Outro ex-atleta concorrendo à Câmara em São Paulo é o ídolo corintiano Marcelinho Carioca, que no passado foi do PT. Depois de se encontrar com Jair Bolsonaro e agora se dizendo bolsonarista, ele é candidato pelo PSL. Dois atletas de histórico vitorioso concorrem a prefeituras de capitais. Luiz Lima, deputado pelo PSL, tenta o cargo no Rio. João Derly, que foi deputado pelo PCdoB e hoje cerra fileiras no PRB da família Bolsonaro, concorre em Porto Alegre.

+ Acompanhe o que mais importante acontece no esporte olímpico pelos perfis do Olhar Olímpico no Twitter e no Instagram. Segue lá! +