PUBLICIDADE
Topo

Sede do Basquete Cearense é furtada em região nobre de Fortaleza

Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

09/07/2020 04h00

A sede do Basquete Cearense, equipe que disputa o Novo Basquete Brasil (NBB), foi furtada em Fortaleza durante a quarentena, período em que ficou fechada. Os bandidos levaram cerca de R$ 15 mil em computadores e equipamentos eletrônicos, principalmente.

O prédio fica em uma das avenidas mais movimentadas de Fortaleza, a Dom Luís, na sobreloja de ótica, próximo a diversos outros comércios que permaneceram abertos na quarentena, como farmácias. Mesmo assim, os bandidos se aproveitaram da pouca movimentação e conseguiram arrombar o escritório, provavelmente entre os dias 8 e 9 de junho.

O furto foi descoberto quando um dos funcionários do clube foi até a sede para buscar documentos e encontrou o escritório revirado. Foram levados computadores, televisores, equipamentos eletrônicos e outros pertences do clube, em um prejuízo estimado em R$ 15 mil. A contabilidade, porém, ainda não foi finalizada.

Depois de oito participações no NBB, o Basquete Cearense tem o futuro incerto para a próxima temporada. Fundador do clube e técnico durante seis anos, Alberto Bial acertou seu retorno e volta a liderar o projeto, após dois anos em outras equipes. Sem ele, o Basquete Cearense fez uma temporada ruim em 2019/2020 e era só 15º e penúltimo colocado quando o NBB foi paralisado e depois dado por encerrado.

O clube tem conversas preliminares para fechar uma parceria com o Fortaleza e, se conseguir fechar um planejamento financeiro para a temporada, pretende começar a anunciar reforços no mês que vem.