Topo

Salão de Tóquio


Conceito da Daihatsu vai dar origem a novo SUV da Toyota no Brasil; conheça

Vitor Matsubara

Do UOL, em Tóquio (Japão)

24/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • SUV tem motor 1.0 de 98 cv e câmbio CVT
  • Revista "Autocar" diz que modelo da Toyota vai se chamar Rise
  • Rocky será lançado no Japão em meados de 2020

Ainda não foi desta vez que a Toyota revelou pelo menos um esboço de seu novo SUV compacto que será vendido no Brasil em 2021. Porém, quem visitar o Salão de Tóquio poderá ter um "tira-gosto" do que está por vir no estande da Daihatsu.

Lá está um simpático utilitário esportivo compacto cujo nome nem foi revelado ainda - embora fontes ligadas à empresa garantam que ele foi exibido aos concessionários com o nome "Rocky". Já a revista "Autocar" afirma que o carro será vendido em outros mercados como Toyota Rise.

Sinal verde

Conversamos com um porta-voz da Daihatsu (marca pertencente ao grupo Toyota) e, além de bastante simpático, ele nos trouxe informações valiosas.

Design do novo SUV da Daihatsu foi inspirado no conceito DN Trec, de 2017 - Vitor Matsubara/UOL
Design do novo SUV da Daihatsu foi inspirado no conceito DN Trec, de 2017
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

O pequeno SUV será lançado no Japão já em 2020 e tem "muitos elementos" do conceito revelado nesta edição do Salão de Tóquio. A base foi o DN Trec, estudo apresentado na mesma feira dois anos atrás e que ganhou os holofotes no Brasil justamente pela possibilidade de ser o tal SUV anunciado pela Toyota para nosso país.

Perguntado se o Rocky poderia dar origem a um novo modelo da Toyota, o porta-voz da Daihatsu sorriu e desconversou, mas também não descartou a ideia. "Esperamos que sim", disse, aos risos.

Base de Corolla

A base do novo SUV é a plataforma DNGA, uma versão simplificada da base TNGA aplicada em vários modelos da Toyota vendidos no Brasil, como o Prius e os novos RAV4 e Corolla - todos equipados com a tecnologia híbrida, algo que também deve acontecer com o futuro lançamento da empresa.

Estilo mais comedido deve ser trocado por linhas inspiradas no RAV4 - Vitor Matsubara/UOL
Estilo mais comedido deve ser trocado por linhas inspiradas no RAV4
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

O design vai mudar para se adequar à identidade visual da Toyota. E isso é bom, até porque o "suvinho" da Daihatsu tem linhas um pouco genéricas que chegam a lembrar alguns SUVs compactos de outras marcas, como o Hyundai Creta.

O interior tem acabamento de boa qualidade e visual agradável. Há espaço suficiente para quatro passageiros mais bagagem.

Projeto exclusivo para o Brasil

Quando descartou a venda do C-HR no Brasil, a Toyota abriu margem para o lançamento de um SUV feito para nosso país.

E alguns atributos do Rocky realmente precisariam ser modificados para atender as necessidades e exigências do mercado brasileiro. Uma delas é o motor 1.0 turbo de 12 válvulas e três cilindros, que no Japão rende 98 cv e 14,3 kgfm entre 2.400 rpm e 4.000 rpm. Uma unidade mais potente seria bem-vinda em nosso mercado.

Cabine tem linhas agradáveis e bom acabamento - Vitor Matsubara/UOL
Cabine tem linhas agradáveis e bom acabamento
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

Outro ponto que pode mudar é o tamanho do SUV. São 3,99 metros de comprimento, 1,69 metro de altura, 1,62 metro de largura e 2,52 metros de distância entre eixos. Se ele está longe de ser grande, pelo menos (bem) leve ele é: o Rocky pesa apenas 980 quilos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Salão de Tóquio