Topo

O poder dos alimentos

Seu prato torna sua vida mais saudável


O poder dos alimentos

Vai sair com crush? Veja o que comer (ou não) para ter boa noite de sexo

O Poder dos Alimentos - Antes do sexo
Imagem: Gabriela Sánchez/VivaBem

Bárbara Stefanelli

Colaboração para VivaBem

31/08/2018 04h00

Comer antes ou depois do sexo? Essa é uma pergunta que muitos já se fizeram e aqui vai a resposta: de preferência, depois. Isso por que transar é como fazer qualquer outra atividade física e você não vai malhar de barriga cheia, certo?

No entanto, quando se trata do jogo da conquista, essa ordem acaba muitas vezes sendo invertida. Para chegar até à cama, casais inevitavelmente marcam encontros em bares ou restaurantes. Ou até fazem aquele jantarzinho romântico em casa.

E, nessa hora, o que comer para ainda assim ter uma boa performance? Veja as dicas do que comer e o que evitar abaixo, elaboradas com a ajuda de Alfredo Romero, médico, sexólogo e diretor do Ibrasexo (Instituto Brasileiro para Saúde Sexual) e Carlos Werutsky, médico nutrólogo membro da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

Coloque no prato:

Getty Images
Imagem: Getty Images

Carnes brancas
Se a intenção for transar depois do encontro, é preferível optar pelas carnes brancas. Frango ou peixe, a escolha vai depender do gosto do casal. Esse tipo de carne, por conter menos lipídios e gorduras saturadas, é de mais fácil digestão, o que não vai prejudicar a performance nem causar algum desconforto gástrico no casal. Coma uma porção menor que a palma da mão.

iStock
Imagem: iStock

Legumes ao vapor
Podem ser um ótimo acompanhamento para a carne, já que os legumes possuem carboidrato, que será convertido em energia para o sexo. O modo de preparo ainda deixa o prato mais leve. Não exagere nos condimentos, para não interferir na digestão.

Reprodução/Instagram/cafedelites
Imagem: Reprodução/Instagram/cafedelites

Canapés
Carboidrato em pequena quantidade, essas entradinhas ainda possuem digestibilidade rápida. Opte pela versão integral, para não haver picos e quedas no índice glicêmico, garantindo, assim, a saciedade por mais tempo. Vá de recheios leves, como mel ou pastas de ricota ou cottage.

iStock
Imagem: iStock

Guacamole
Alimentos que melhoram a circulação do sangue são benéficos para uma boa performance sexual, tanto do homem quanto da mulher. O abacate é fonte de gorduras monoinsaturadas (as chamadas gorduras boas) que ajudam na circulação. Preparar o prato típico mexicano pode ser o jeito de incluir a fruta no seu encontro de um jeito mais apetitoso.

iStock
Imagem: iStock

Chá-verde
Pode ser que uma xícara de chá seja exatamente o que você precisa para aquecer a sua vida sexual. O chá-verde é rico em catequinas, composto que mata os radicais livres que danificam e inflamam os vasos sanguíneos, aumentando a capacidade deles transportarem sangue. Além disso, se tomado após a refeição, ainda ajuda na digestão.

Getty Images
Imagem: Getty Images


Vinho
A bebida alcoólica é vasodilatadora e, inclusive, ajuda na dilatação tanto da pelve masculina quanto feminina. Inicialmente, estimula e aumenta a libido, porque a pessoa se solta. Se beber demais, no entanto, o álcool deprime o sistema nervoso central, e a pessoa passa a não sustentar mais o ato sexual --tanto o homem, com uma disfunção erétil, quanto a mulher, que pode relaxar demais e não chegar ao orgasmo. Beba de 1 a 2 taças.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Mousse de chocolate amargo
Dividir uma sobremesa pode ser a pedida certa para aproximar o casal. E o cacau é conhecido por melhorar o humor, pois aumenta os níveis de dopamina e serotonina --hormônios do bem-estar-- no cérebro. Chocolate também contêm flavonoides, que aumentam o fluxo de sangue pelo corpo.

Veja também:

Melhor evitar:

iStock
Imagem: iStock

Bebidas gaseificadas
As bebidas gaseificadas, como refrigerante, cerveja ou energético, causam uma sensação de estar ermpanturrado, justamente por conta dos gases contidos na bebida, que dilatam o estômago e causam incômodo. Sem contar os arrotos que podem escapar por conta desses gases, nada sensual para o momento.

iStock
Imagem: iStock

Feijão
As fibras leguminosas, contidas no feijão, lentilha e no grão-de-bico, deixam o sistema digestivo mais gaseificado. O grau dos gases vai depender de como cada um digere o alimento. Não é comum ir a um encontro e pedir um prato de arroz e feijão mas, se for ao restaurante mexicano, evite pedir chilli ou pastas feitas com o alimento.

Getty Images
Imagem: Getty Images

Frituras
É tentador, na mesa do bar, pedir fritas ou empanados. No entanto, as frituras são de difícil digestão, o que pode deixar a sua performance a desejar. Em alguns casos, a mistura de fritura com bebida alcoólica pode deixar o estômago tão pesado que chega até a comprometer a ereção.

iStock
Imagem: iStock

Carne de porco
Aqui também entra o caso da digestibilidade lenta. Carnes com mais gordura, dependendo da quantidade, chegam a demorar oito horas para serem absorvidas pelo organismo.

iStock
Imagem: iStock

Macarrão alho e óleo
Sabe aquela sensação de quando o alimento ingerido fica "conversando" com você? Então, este é um prato que costuma provocar bastante essa queixa. Mas molhos muito temperados geralmente causam este mal-estar, por aumentarem a acidez do estômago. E, dependendo da sensibilidade da pessoa, podem provocar azia ou refluxo.

iStock
Imagem: iStock

Leite
Este vale apenas para quem tem intolerância à lactose, quando o organismo tem dificuldade em processar o açúcar do leite. O consumo de leite e derivados pode soltar o intestino e causar desconforto gástrico ou gases em quem é intolerante.

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
FacebookInstagramYouTube

O poder dos alimentos