Topo

Projeto criado por Evan Rachel Wood contra violência doméstica vira lei

Evan Rachel Wood como Dolores na 2ª temporada de Westworld - Divulgação
Evan Rachel Wood como Dolores na 2ª temporada de Westworld Imagem: Divulgação

De Universa

14/10/2019 17h48

O projeto de lei Phoenix Act, criado pela atriz Evan Rachel Wood para ajudar sobreviventes de violência doméstica, virou lei na semana passada na Califórnia (EUA). Com isso, as vítimas terão um tempo maior para que consigam denunciar seus agressores.

A atriz de Westworld disse para a People que usou a própria história para se mexer e tentar mudar a lei. Aos 18 anos, ela enfrentou um relacionamento abusivo e ficou isolada dos amigos e família, o que levou anos para que ela conseguisse se recuperar mesmo não querendo que o seu caso se tornasse público.

"Eu estava pronta para ir ao túmulo com esse segredo, até que eu percebi que essa pessoa tinha feito a mesma coisa com outras mulheres. Isso mudou tudo para mim."

Porém, quando foi procurar um advogado, soube que não poderia fazer nada, já que o tempo limite para denunciar o seu caso já tinha acabado. "Eu disse, 'Isso não soa certo. Há algo errado, o que posso fazer?' Eles disseram, 'Bom, você pode tentar mudar a lei'".

Wood, então, escreveu o Phoenix Act, que foi assinado pelo governador Gavin Newson. O projeto aumenta de três para cinco anos o limite para denúncias de violência doméstica e ainda expande treinamentos para policiais para que eles consigam ajudar vítimas de violência sem causar danos adicionais.

"Meu objetivo ao fazer isso era garantir que o que acontecesse comigo não acontecesse com mais ninguém. Coisas ruins podem acontecer com você, mas você pode sair das cinzas. Eu acredito que você pode voltar da tragédia, às vezes até mais forte do que era antes", completou.

Violência contra a mulher