Topo

Cinco sinais de que a relação tem tudo para sair do aplicativo e dar certo

Dá para saber se o namoro que começou nos apps de paquera vai engrenar. Entenda - iStock
Dá para saber se o namoro que começou nos apps de paquera vai engrenar. Entenda Imagem: iStock

Eligia Aquino Cesar

Colaboração para Universa

24/08/2019 04h00

Ver fotos, dar match, conversar, encontrar, ficar, seguir no bate-papo: esse um percurso padrão para aqueles que conhecem alguém nos apps de paquera. Por mais diferente que seja essa experiência, quando comparada com os flertes que acontecem no mundo real, aqui também há alguns sinais que podem indicar que o namoro está engrenando.

Rápido no gatilho

Sabe quando você manda uma mensagem e a pessoa, assim que a lê, responde tão rápido que parece já estar esperando pelo seu contato? Além de a sensação boa de ser correspondida, ao menos no desejo de conversar, é um sinal, claro, que ela está na mesma sintonia que você. Só tenha noção para entender a rotina de seu pretendente que, em muitos casos, demora para falar contigo por não ter tempo mesmo.

Noção, por favor!

Não à toa, o segundo item dessa lista, complementa o primeiro: não há nada mais chato do que alguém que te manda uma mensagem e, se você não responde assim que estiver online, começa a fazer um drama te acusando de estar ignorando o contato dele ou algo do tipo. Quando alguém está realmente interessado, entende que há vida, não só para você, mas para ambos, fora do aplicativo. A dica aqui é ter equilíbrio: mandou uma mensagem pela manhã e a pessoa não respondeu nada durante todo o dia ou é monossilábica na interação, pode ligar o sinal de alerta que algo não vai bem e já se preparar para partir para outra.

Nude só com consentimento

Um problema que ainda acontece muito no mundo dos aplicativos de paquera são pessoas que botam algo promissor a perder por conta do famoso nude. Tão ruim quanto enviar fotos picantes sem ser solicitado, é pedir de maneira insistente para receber retratos íntimos da pessoa com quem está conversando ou já ficou, quando esta já deixou claro não se sentir à vontade com isso. Quem estiver realmente interessado em você pode até propor a troca de fotos íntimas, mas respeitará se você não quiser participar disso, sem insistência e muito menos chantagem emocional.

Conhecendo a galera

Depois de se encontrar algumas vezes com o crush, ele te chama para sair novamente, mas para um passeio diferente: um rolê com os amigos dele. Incluir alguém em reuniões desse tipo mostra um interesse genuíno, afinal, você vai conhecer pessoas que são especiais para o gato e cuja opinião tem relevância para ele. Além disso, te dá a chance de conhecer um pouco mais a respeito dele também, só que dessa vez de maneira mais natural, pelos olhos dos amigos.

O virtual ficou no passado

Independentemente da motivação que leva alguém a um aplicativo de paquera, desinstalar o app quando conhece alguém legal, com quem está se relacionando de maneira promissora, é a prova que o que era um lance passou a ter um status mais sério. As coisas melhoram ainda mais se a pessoa fizer questão que você saiba desse gesto e, claro, se você também não vê mais sentido em permanecer usando a ferramenta. Se isso acontecer contigo, se joga e seja feliz!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Deu Match!?