Topo

Novidades de beleza


Novidades de beleza

Beleza coreana: massagens com pedras melhoram o contorno do rosto; conheça

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Paula Roschel

Colaboração para Universa

06/02/2019 04h00

Você já ouviu falar da intensa rotina de cuidados com a pele que as coreanas têm? São mais de uma dezena de passos, da limpeza à maquiagem, e uma relação enorme de cosméticos. Só que o processo deixa de ser viável se você não tem muito tempo ou dinheiro para investir.

Pensando em simplificar a vida de quem quer experimentar os benefícios orientais sem uma enxurrada de detalhes, massagens do universo da k-beauty envolvendo pedras entram em cena trazendo resultados reais de rosto com mais contorno e em doses enxutas. Especialistas explicam como elas funcionam.

Sushô: a massagem imperial

A massagem sushô é uma técnica coreana que vem despertando a curiosidade das brasileiras por usar esferas de quartzo -- ótimas para o verão, pois são naturalmente geladinhas -- para relaxar a musculatura facial e auxiliar na eliminação de toxinas que acumulamos no dia a dia. "Ela é feita com movimentos circulares que fazem com que a energia vital, chamada de Ki pelos orientais, flua de forma adequada. Pela tradição local, os bloqueios energéticos são responsáveis pelos desequilíbrios que geram doenças físicas e emocionais", diz o professor Daniel Alan Costa, fisioterapeuta e naturopata de São Paulo. O protocolo, que ajuda a deixar o contorno do rosto mais definido e a expressão leve, tem também influência chinesa, pois trabalha os meridianos, canais energéticos da acupuntura.

O sushô foi sinônimo de massagem corporal por muitos anos, porém agora a técnica começa a ser explorada no Brasil para embelezar o rosto, já que tudo que vem da Coreia interessa às amantes de beleza. "A massagem feita na face drena líquidos e aumenta a circulação. A temperatura dos cristais, geralmente fria, também proporciona efeito lifting. E uma curiosidade: o sushô era um dos grandes segredos das imperatrizes orientais, que sempre recebiam o tratamento para manter a beleza", completa Daniel.

Jade drenante

A esteticista coreana Sofia Sa, do Blink Lab, de São Paulo, também investiu no poder dos minerais em um protocolo que deixa a pele mais bonita. No processo, a pedra jade é usada com o esfoliante, no rosto e no colo.

"A técnica começa com a limpeza da pele feita com o auxílio de uma toalha quente de fibra de bambu, para abrir os poros e acalmar a pele. Logo após, aplica-se uma máscara com pausa de 30 minutos. A seguir, é executada uma massagem meridiana -- em pontos da acupuntura -- no colo, nos ombros, na cervical e na face e, na sequência, passamos para a esfoliação com cosméticos naturais, sementes e jade", diz.

Enquanto o sushô usa pedras redondas, a de jade em questão tem formato de espátula. Ela desliza do centro do rosto para suas laterais fazendo um trabalho de drenagem e também modelação. No sensorial, é muito mais vigorosa do que o sushô, porém não é desconfortável.

Logo após a primeira sessão, o relato de pacientes é de rosto desinchado e com contorno mais marcado. "É um ritual de cuidados para pele que diminui a necessidade de usar maquiagem", pondera Sofia.

Mas não ache que as massagens coreanas vão agir como cirurgias plásticas sem bisturi. Para o dermatologista Alberto Cordeiro, de São Paulo, elas são aliadas no processo de embelezamento do rosto, mas há limitações: "Com a massagem manual, ou com pedras, é possível fazer a drenagem de líquido retido no rosto. Mas esses processos não conseguem, por exemplo, diminuir o acúmulo de gordura por meio de sua quebra", explica.

Massagem Sushô

O que é? Massagem feita com esferas de cristal, em movimentos circulares.
Resultados esperados: Pele mais iluminada, diminuição de bolsas e sulcos e definição no contorno facial, por meio da eliminação das toxinas pela drenagem. Também pode relaxar pontos de tensão, como os da testa.
Duração: Uma hora.
Quantidade de sessões: Em média, dez sessões, uma por semana.
Contraindicação: Não há.
Manutenção: Uma sessão por mês.
Valor da sessão: A partir de R$ 150.

Massagem Coreana Blink Lab

O que é? Mistura de técnicas coreanas, com esfoliação, hidratação e uso de jade para drenar o rosto, deixando-o mais firme e com contornos definidos.
Resultados esperados: Linha da mandíbula mais marcada, pele hidratada e músculos faciais relaxados.
Duração: 1h30.
Quantidade de sessões: Cinco, a cada 15 dias.
Contraindicação: Não há.
Manutenção: Varia de acordo com os resultados após a conclusão do protocolo de cinco sessões.
Valor da sessão: R$ 360.