PUBLICIDADE
Topo

Google é processado em US$ 5 bi por monitorar navegação anônima de usuários

Estúdio Rebimboca/UOL
Imagem: Estúdio Rebimboca/UOL

02/06/2020 19h25

O Google foi processado nesta terça-feira em uma ação que acusa a companhia de invadir a privacidade de milhões de usuários ao monitorar o uso que fazem do modo privativo do navegador de navegação pela internet.

O processo pede ao menos US$ 5 bilhões em reparações e acusa a empresa de coletar ilegalmente informações sobre o que as pessoas estão vendo online e a partir de que locais estão navegando, por meio de vários aplicativos e plugins, incluindo Google Analytics e Google Ad Manager.

"Bilhões de vezes por dia, o Google faz computadores ao redor do mundo informarem em tempo real as comunicações de centenas de milhões de pessoas à empresa", afirma o processo aberto em San Jose, na Califórnia.

Representantes do Google não comentaram o assunto de imediato.

O processo coletivo afirma que provavelmente inclui milhões de usuários e busca reparação de danos de US$ 5 mil por usuário ou três vezes os danos a cada um, o que for maior.