PUBLICIDADE

Topo

Guia


"The Witcher 3: Wild Hunt" - Dicas para zerar na Marcha da Morte

Divulgação
Imagem: Divulgação

Daniel Esdras

Do GameHall

09/01/2020 04h00

"The Witcher 3: Wild Hunt" voltou com tudo, quatro anos após seu lançamento. No Xbox One, o jogo acabou de entrar no catálogo do Game Pass, e também chegou ao Nintendo Switch recentemente. Enquanto isso, o sucesso da série do bruxo na Netflix fez aumentar o número de jogadores tanto no PC quanto no PS4.

Esse é o momento ideal, então, para buscar aquela platina que ficou para depois, o que significa finalizar o jogo na dificuldade Marcha da Morte. Os inimigos nesse modo ficam impiedosos e resistentes, e Geralt não recupera mais vida ao descansar, dependendo apenas das suas poções e comidas.

Para ajudar a superar todos os desafios, trazemos dicas e segredos importantes para superar a parte mais difícil: o início. Também temos uma dica de build para segurar todo e qualquer inimigo. Afie suas espadas e venha com a gente.

1 - Supere o início com quests e espadas

Reprodução
Imagem: Reprodução

Os primeiros níveis da Marcha da Morte são os mais difíceis do jogo. Em Pomar Branco, vários dos inimigos possuem um nível muito maior que o de Geralt, ou então andam em bandos, como carniçais e afogadores.

O melhor a se fazer é seguir a ordem natural das quests. Faça tanto as principais quanto as secundárias iniciais, com exceção da Caçada do Poço, para conseguir níveis mais rápido. Isso vai acontecer porque as missões são mais balanceadas que o mundo, os inimigos virão em menor quantidade e com nível semelhante ao seu. No fim, há uma recompensa de experiência extra por terminar a missão.

Após atingir nível três ou quatro, comece a fazer alguns dos pontos de interrogação do mapa e tente encontrar os "Locais de Poder" o mais rápido possível. Eles te darão um ponto de habilidade extra e intensificarão os seus sinais (os "poderes" do bruxo), que no início são bem fracos. Em Pomar Branco existem seis deles para você encontrar.

Ao conseguir o nível da Caçada do Poço, é hora de encarar o desafio. Além de dar uma boa amostra do nível de dificuldade e mostrar como é importante se preparar com poções e usar os sinais corretos, ela dará um troféu importante para Geralt usar. Equipe o troféu em seu cavalo, e você terá um bônus de experiência por inimigo que vai fazer a diferença mais adiante.

Outra grande vantagem que você pode conseguir nessa primeira parte do jogo são as espadas da Víbora. Faça ambas para ter um salto de dano por segundo enorme, que em outros modos deixa o jogo até desbalanceado. Procure os projetos nos pontos de interrogação e junte os ingredientes para o ferreiro fazer o trabalho que vai acelerar sua progressão.

2 - Salve após cada luta

Reprodução
Imagem: Reprodução

"The Witcher 3" tem um sistema de salvamento automático que geralmente grava o seu progresso após cada quest completada ou quando algo importante acontece na jornada. No entanto, em vários outros momentos o sistema não vai servir.

Quando o objetivo for procurar pontos de interesse por exemplo, o jogo não vai ser salvo após destruir um ninho de monstros ou ativar um local de poder. Então sempre que terminar um desses locais e vencer um combate: salve. As lutas no modo Marcha da Morte são sempre desafiadoras, e perder progresso após morrer vai te frustrar e atrapalhar conclusão do jogo.

3 - Use "Quen" antes e durante os combates

Reprodução
Imagem: Reprodução

Pode não parecer, mas a melhor habilidade em "The Witcher" é o Quen. Esse escudo elimina a punição por um ou mais erros que você venha a cometer na batalha, dependendo do seu nível. O meio mais fácil de zerar nesse modo é apostando nessa habilidade.

Assim que decidir entrar em combate e avistar os inimigos, ative o Quen e mude imediatamente para outro sinal. Fora da batalha, o vigor recupera mais rápido e a duração do sinal dura menos. Espere o vigor completar e entre no combate. Com isso você terá uma duração média do Quen e já poderá utilizar outro sinal para atordoar ou aplicar dano nos inimigos.

Não deixe de aproveitar nada, renove seus óleos no combate, use alquimia a seu favor, amole espadas, conheça os inimigos, use os melhores sinais, esse é o caminho para vencer nesse modo mais difícil

4 - Use todas as vantagens disponíveis

Reprodução
Imagem: Reprodução

Outros sinais também podem ser importantes, dependendo dos inimigos. Manipular a mente dos inimigos com escudo, desacelerar animais e monstros rápidos e colocar fogo em carniçais são alguns exemplos. Para saber mais sobre cada inimigo e suas fraquezas, é possível utilizar o bestiário. Esse livro pessoal de Geralt mostra como vencer cada tipo de inimigo, qual o óleo ideal para utilizar na sua espada, se ele é fraco contra algum tipo de bomba e qual sinal é efetivo. Essas pequenas vantagens vão fazer toda a diferença na hora de vencer um combate difícil.

Outras vantagens que devem ser utilizadas são as dos ferreiros. Amolar suas espadas e dar um reforço na sua armadura na mesa do ferreiro aumenta seu dano e resistência, essenciais para sobreviver no mundo hostil do jogo.

Não deixe de aproveitar nada, renove seus óleos no combate, use alquimia a seu favor, amole espadas, conheça os inimigos, use os melhores sinais, esse é o caminho para vencer nesse modo mais difícil.

5 - Faça poções o mais rápido possível

Reprodução
Imagem: Reprodução

No início do jogo, Geralt conta com uma única poção, que serve para recuperar o vigor mais rápido. Para conseguir mais delas é preciso encontrar ou comprar receitas e utilizar os ingredientes corretos para fazer a mistura. Nesse início, algumas delas são importantíssimas, como a Andorinha, que vai te ajudar a curar sua vida junto com as comidas. Lembre-se de que, nesse modo, não basta descansar por uma hora para recuperar a vida, é preciso comer ou usar poções.

Outras misturas são essenciais contra alguns tipos de monstros e para determinados níveis de exploração, como em cavernas escuras. Para ter certeza que sempre terá como fazer as receitas que vai encontrar pelo caminho, pegue todos os tipos de erva que encontrar. Alguns vendedores também são específicos para ervas. Use seus estoques para estocar algum tipo específico, comprando cerca de dez exemplares de cada erva, só para garantir.

6 - E a build?

A maioria dos jogadores que procuram guias para o Marcha da Morte estão interessados mesmo é na build. Com tantas possibilidades, com o uso de sinais, alquimia e golpes físicos, fica difícil montar algo coeso e preparado para todos os inimigos do jogo. O fato é que muita coisa funciona, e no geral você dependerá mais das suas habilidades do que das skills, mas uma boa build desde o começo facilita muita coisa.

Minha dica é utilizar a excelente build do youtuber Phoenix237, que misturou adrenalina, alquimia e golpes corpo-a-corpo para criar um Geralt Tanker e ao mesmo tempo capaz de gerar muito dano em área. No vídeo ele mostra suas preferências quanto a armaduras, armas e também suas escolhas para as habilidades. Se você preferir uma build de sinais, basta dar uma procuradinha no próprio YouTube, já que existem dezenas de boas escolhas por lá.

Guia