PUBLICIDADE
Topo

MMA


Inseparáveis: Deiveson Figueiredo publica foto abraçado ao cinturão na cama

Deiveson Figueiredo publica fotona cama ao lado do cinturão do peso-mosca - Reprodução/Instagram
Deiveson Figueiredo publica fotona cama ao lado do cinturão do peso-mosca Imagem: Reprodução/Instagram

Ag. Fight

20/07/2020 12h17

Depois de superar vários obstáculos e ter que vencer Joseph Benavidez duas vezes seguidas para finalmente ser coroado como o novo campeão dos pesos-moscas (57 kg) do UFC, Deiveson Figueiredo não parece disposto a ficar longe do cinturão conquistado no último sábado (18), na luta principal do terceiro evento do Ultimate promovido na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi (EAU). Em sua conta oficial no 'Instagram' (veja abaixo ou clique aqui), o paraense publicou uma foto onde aparece deitado na cama do hotel ao lado do agora inseparável troféu.

Além das dificuldades pessoais pelas quais passou até chegar ao topo da carreira no UFC, o 'Deus da Guerra' ainda precisou superar algumas adversidades esportivas antes de conseguir a posse definitiva do cinturão dos moscas. No primeiro duelo contra Joseph Benavidez, em fevereiro deste ano, o brasileiro venceu, mas não levou o título para casa por ter falhado na balança na pesagem oficial do evento.

Para a revanche, Deiveson ainda teve que provar que estava livre de COVID-19 depois de um resultado falso positivo antes do embarque para Abu Dhabi, o que atrasou sua chegada na ilha e o deixou de quarentena no quarto do hotel por mais tempo do que seu rival, enquanto ainda se preocupava com o corte de peso para que, desta vez, nada o impedisse de conquistar o sonhado cinturão.

"É amor, é paixão. Deus é fiel", se limitou a escrever Figueiredo na legenda da foto publicada em seu perfil do 'Instagram'.


O título conquistado por Deiveson Figueiredo na 'Ilha da Luta' quebra o jejum de três anos do Brasil sem um campeão masculino no UFC, já que até sábado o país contava apenas com os dois cinturões de Amanda Nunes, no peso-galo (61 kg) e no peso-pena (66 kg). Aos 32 anos, o novo soberano dos moscas soma agora 19 vitórias e apenas uma derrota em sua carreira.

MMA