PUBLICIDADE
Topo

MMA


Impedido de lutar no UFC 249, Khabib desabafa: 'Se ponham no meu lugar'

Khabib Nurmagomedov em coletiva de imprensa do UFC 229, em Las Vegas - AP Photo/John Locher
Khabib Nurmagomedov em coletiva de imprensa do UFC 229, em Las Vegas Imagem: AP Photo/John Locher

Ag. Fight

01/04/2020 17h36

Ninguém tem 'sangue de barata', nem mesmo um campeão do Ultimate. Desde o fechamento das fronteiras da Rússia, na última sexta-feira (27), para prevenir a proliferação do novo coronavírus, a disputa pelo cinturão peso-leve (70 kg) de Khabib Nurmagomedov, no próximo dia 18, parece cada vez mais improvável. Por isso, o russo, impossibilitado de sair de seu país natal, recebeu uma série de ofensas, incluindo de Tony Ferguson, adversário que enfrentaria no UFC 249. Porém, o dono do cinturão pareceu não ter suportado, calado, as críticas e veio a público manifestar seu posicionamento.

Nesta quarta, em postagem em conta do Instagram, o campeão dos leves demonstrou sua opinião sobre a insistência para que ele ainda fosse ao evento. Essa situação se mostra cada vez mais improvável, já que seu país está fechado, tanto para sair quanto para entrar, e o cenário global segue afetado pelo COVID-19. De acordo com o último relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde), a pandemia global já é responsável por cerca de 823 mil casos e mais de 40 mil mortos.

"Entendo tudo e estou definitivamente mais chateado do que vocês por cancelar a luta, provavelmente como todos os outros. Tinha muitos planos depois dessa luta, mas não posso controlar isso", desabafou o lutador em inglês e em russo. "Os maiores países e as maiores companhias do nosso tempo estão chocados com o que está acontecendo, todo dia a situação muda imprevisivelmente. Mas o Khabib ainda tem que lutar, é isso que vocês estão dizendo? Cuidem de vocês e se ponham no meu lugar".

"Acontece que todo o mundo deve ficar em quarentena", declarou. "Os governos de todos os países, as pessoas famosas ao redor do mundo insistem que as pessoas sigam as medidas de segurança a fim de limitar a disseminação da doença, para salvar as pessoas. E o Khabib é o único livre de todas as obrigações e deve demonstrar o livre arbítrio e voar ao redor do mundo por uma luta?"

Staying home in quarantine and reading the reaction of people to the situation around my fight, it turns out that the whole world should be in quarantine, governments of all countries, famous people around the world urge people to follow all safety requirements in order to limit the spread of the disease, to save people, and Khabib is the only one relieved of all obligations and must demonstrate free will and train flying around the world, for the sake of fight? - I understand everything and I'm definitely upset more than you to cancel the fight, probably like all others, I had many plans after the fight, but I can't control it all. The greatest countries and the largest companies of our time are shocked by what is happening, every day the situation changes unpredictably. But Khabib still has to fight, is that what you saying? - Take care of yourself and put yourself in my shoes. - 📍 Сижу дома на карантине и читаю реакцию людей на ситуацию вокруг моего боя, получается весь мир должен сидеть на карантине, правительства всех стран и известные люди всего мира призывают людей соблюдать требования безопасности, чтоб ограничить распространение болезни ради спасения людей, а Хабиб, освобождён от всех обязательств и должен демонстрировать свободу воли и тренироваться летая по всему миру рискуя своей жизнью ради боя ? - Я все понимаю и точно не меньше вас расстроен отменой боя, наверно у меня , как и у всех других, было много планов после боя, но я не в силах контролировать все это. Сверх державы и крупнейшие компании нашего времени в шоке от того, что происходит, каждый день ситуация меняется непредсказуемо. Но Хабиб все равно должен драться, так получается? - Берегите себя и поставьте себя на мое место.

Uma publicação compartilhada por Khabib Nurmagomedov (@khabib_nurmagomedov) em

Além de o card principal estar desfalcado, há outras razões para que a permanência do UFC 249 continue incerta. O local das lutas seguem indeterminados, devido ao veto da Comissão Atlética do Estado de Nova York, como tentativa de conter a disseminação da covid-19 no Brooklyn (EUA). Mesmo somado ao quadro alarmante nos Estados Unidos, onde há mais de 163 mil infectados e 2850 óbitos, Dana White não se deu por vencido e continua a buscar um novo lugar para o evento do próximo dia 18.

Com a sua 13ª luta no Ultimate postergada, Khabib segue invicto em sua carreira. O lutador russo conquistou o título de campeão dos leves em abril de 2018, quando derrotou Al Iaquinta por decisão unânime dos jurados.

MMA