PUBLICIDADE
Topo

MMA


Khabib Nurmagomedov mantém posição sobre não lutar em Las Vegas

Invicto na carreira, Khabib Nurmagomedov exibe cinturão de campeão do UFC - Vasily MAXIMOV / AFP
Invicto na carreira, Khabib Nurmagomedov exibe cinturão de campeão do UFC Imagem: Vasily MAXIMOV / AFP

Ag. Fight

16/03/2020 16h47

O lutador do UFC, Khabib Nurmagomedov, não parece disposto a voltar atrás de sua decisão sobre competir novamente em Las Vegas, sob a chancela da Comissão Atlética do Estado de Nevada. O imbróglio com a entidade após seu combate contra Conor McGregor, em outubro de 2018, no UFC 229, teve reflexos financeiros e disciplinares sobre o campeão peso-leve (70 kg), que, desde então, tem deixado claro que não pretende lutar novamente na cidade que serve como sede para o Ultimate.

A última experiência do russo em Las Vegas (EUA) foi em outubro de 2018, quando defendeu com sucesso o cinturão dos leves ao finalizar Conor McGregor na luta principal do UFC 229. Logo após o fim da batalha, Khabib pulou o octógono e iniciou uma briga generalizada ao atacar membros da equipe do irlandês. Como punição, a Comissão Atlética de Nevada suspendeu o campeão por nove meses, além de ter retido temporariamente metade de sua bolsa, que tinha valor total de 2 milhões de dólares (cerca de R$ 10 milhões), antes de multá-lo em 500 mil dólares (aproximadamente R$ 2,5 milhões).

Durante o media day da 'Dominance MMA' - empresa que gerencia sua carreira -, Nurmagomedov não descartou voltar a competir no estado de Nevada no futuro, mas indicou, ainda que sem entrar em detalhes, que precisaria de um gesto da entidade para que isso acontecesse.

"Eu acho que não (voltará a lutar em Las Vegas). Não acredito, mas quem sabe? Mas na minha opinião, se eles fizerem algo, talvez eu possa voltar. Eles (Comissão Atlética de Nevada) pegaram quase um milhão de dólares meus, e me deram nove meses (de suspensão). No momento eu estou bem com a comissão atlética, com todo mundo, porque eu vou lutar em Nova York. Vamos lutar em Nova York. Nova York não é um lugar ruim, eu acho", declarou Khabib, de acordo com o site 'MMA Junkie'.

Após defender pela primeira seu título diante de Conor McGregor, Khabib manteve seu cinturão novamente ao superar Dustin Poirier, também por finalização, em setembro de 2019, no UFC 242, em Abu Dhabi. Como próximo compromisso, o campeão - ainda invicto em sua carreira após 28 combates - tem agendado o duelo contra Tony Ferguson para o dia 18 de abril, na edição 249, em Brooklyn, Nova York (EUA).

No entanto, este evento, assim como todos os planejados pela organização para o futuro próximo, corre risco de ser cancelado ou ter sua sede alterada em razão da pandemia de coronavírus que assola o mundo e inclusive obrigou o Ultimate a realizar seu último show, em Brasília (DF), com os portões fechados ao público.

MMA