PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Agente de Borrachinha sobre "sarrada" de Adesanya: "É coisa de vagabundo"

Paulo Borrachinha sofreu com os golpes de Israel Adesanya no UFC 253 e foi derrotado - Josh Hedges/Zuffa LLC
Paulo Borrachinha sofreu com os golpes de Israel Adesanya no UFC 253 e foi derrotado Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/09/2020 14h37

O brasileiro Paulo Borrachinha parece não ter gostado muito das atitudes de Israel Adesanya após a derrota para o nigeriano no UFC 253, no sábado.

Em entrevista ao MMA Fighting, o empresário do lutador brasileiro, Wallid Ismail, afirmou que as provocações do nigeriano, com direito a sarrada, são "coisas de vagabundo".

"Ele (Borrachinha) está muito chateado, revoltado com a atitude do Adesanya no final da luta. Isso (que ele fez) é coisa de vagabundo. O guerreiro, quando a luta acaba, acabou. São dois guerreiros que saíram na porrada. Agora, fazer aquilo é coisa de vagabundo. O Adesanya pode esperar um pesadelo", afirmou.

Logo após o árbitro interromper o combate, Israel Adesanya aproveitou que Borrachinha estava de costas no chão e lhe deu uma "sarrada", antes mesmo de partir para comemorar a vitória, que o manteve como campeão dos pesos médios.

O empresário de Paulo Borrachinha ainda afirmou que pedirá revanche e que tomar o cinturão do nigeriano é o grande objetivo do brasileiro. "O foco dele é o Adesanya. Ele estava pensando em subir de peso (caso vencesse) e não vai subir porque ele quer pegar o Adesanya. O Adesanya pode esperar um pesadelo", disse.

Paulo Borrachina e Israel Adesanya trocaram uma série de provocações antes da luta, vencida pelo nigeriano por nocaute após uma sequência que começou com um golpe na têmpora, aos 3min59s do segundo round. Essa foi a primeira derrota do brasileiro em 14 lutas - o nigeriano está invicto há 20 combates.

MMA