PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Borrachinha é nocauteado com facilidade por Adesanya no UFC 253. Veja fotos

Natassia del Fischer, em Abu Dhabi (EAU)

Ag. Fight

27/09/2020 01h47Atualizada em 27/09/2020 15h12

Depois de meses de provocações públicas, finalmente Paulo 'Borrachinha' e Israel Adesanya mediram forças no octógono do UFC neste sábado (26), em duelo válido pelo cinturão dos pesos-médios (84 kg). No entanto, apesar da expectativa, a disputa foi um monólogo.

Melhor desde o início, o nigeriano mostrou rápido jogo de pernas e puniu o desafiante de forma consistente com chutes nas pernas. Assim que o ritmo da disputa diminuiu, foi a hora de acertar golpes no rosto que decretaram o final da disputa logo no segundo assalto.

Essa foi a primeira derrota de Borrachinha como atleta profissional de MMA. Por sua vez, Adesanya ampliou seu cartel para 20 triunfos, em recorde que permanece intocável.

A luta

Mais cauteloso do que de costume, o brasileiro passou os primeiros cinco minutos tentando encontrar o tempo correto para seus ataques. No entanto, foi Adesanya que levou vantagem e conectou mais de dez chutes nas pernas do desafiante, que pouco pôde fazer a não ser provocar o oponente na esperança de que ele partisse para a luta franca em pé; Adesanya 10 x 9 Borrachinha.

Com um jogo de pernas preciso, Adesanya esteve sempre um passo à frente do brasileiro. Com diversos chutes nas pernas e esquivas rápidas, ele impediu sistematicamente com as tentativas de Borrachinha de atacá-lo. Na segunda metade do segundo assalto, o nigeriano aproveitou uma tentativa frustrada de ataque do brasileiro e o levou a knockdown com um contragolpe no queixo.

Na sequência, o campeão puniu com golpes da montada até que o árbitro interrompesse a disputa. Ainda empolgado, Adesanya ainda provocou o nocauteado adversário simulando uma montaria. Luta fácil e rápida.

Acompanhe os resultados do card preliminar do UFC 253:

Israel Adesanya nocauteou Paulo 'Borrachinha' no 2º round;
Jan Blachowicz nocauteou Dominick Reyes no 2º round;
Brandon Royval finalizou Kai Kara-France no 2º round;
Ketlen Vieira venceu Sijara Eubanks por decisão unânime;
Hakeem Dawodu venceu Zubaira Tukhugov por decisão dividida;
Brad Riddell venceu Alex 'Leko' da Silva por decisão unânime;
Jake Matthews venceu Diego Sanchez por decisão unânime;
Ludovít Klein nocauteou Shane Young no 1º round;
William Knight venceu Aleksa Camur por decisão unânime;
Juan Espino finalizou Jeff Hughes no 1º round;
Danilo Marques venceu Khadis Ibragimov por decisão unânime.

MMA