PUBLICIDADE
Topo

Fluminense paga salários de abril a jogadores e tem apenas maio aberto

Fluminense cumpriu acordo e agora tem um "apenas" um mês de salários atrasados - Lucas Merçon/Fluminense FC
Fluminense cumpriu acordo e agora tem um "apenas" um mês de salários atrasados Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

01/07/2020 15h55

Classificação e Jogos

O Fluminense cumpriu o segundo dos três meses de acordo salarial com os jogadores durante a pandemia do novo coronavírus. Na terça-feira, a diretoria efetuou o pagamento de 50% do salário de abril, que será pago de forma integral por ter sido o período de férias. Não houve a redução, mas os outros 50% vão ser quitados até dezembro.

Os funcionários também receberam esses 50% de pagamento, mas não entram no acordo e ainda aguardam a outra metade.

Com isso, a única pendência com o elenco pela CLT passa a ser o salário de maio. No acordo, esse mês terá 25% de desconto. A remuneração de junho vencerá no quinto dia útil deste mês, ou seja, no dia 7. Há ainda pendências de direitos de imagem desde dezembro, que no acordo foi dado um prazo até o final do ano para o pagamento.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o zagueiro Nino elogiou o presidente Mário Bittencourt e minimizou o impacto dos atrasos.

"Sabemos da luta do presidente. Nesse momento de pandemia todos os clubes e empresas passam por dificuldades. Sabemos o esforço dele e que está fazendo o melhor. Sabemos que ele vai cumprir os compromissos, vemos a seriedade que trabalha. Não nos atrapalha e nem motiva, pois sabemos que em algum momento vamos receber", declarou.

Fluminense