PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Notas do Corinthians: Jô 'em fase espetacular' e Rafael Ramos 'bizarro'

Do UOL, em São Paulo

14/05/2022 21h49

Classificação e Jogos

Em um jogo quente, o Corinthians reagiu no segundo tempo e arrancou um empate por 2 a 2 com o Internacional, neste sábado (14), pelo Brasileirão. O Timão viu o Colorado ser superior no primeiro tempo no Beira-Rio, mas a entrada de Jô melhorou a equipe alvinegra. O atacante foi o autor do gol que definiu o resultado do jogo, marcado por um suposto caso de racismo de Rafael Ramos contra Edenílson.

Na Live do Corinthians, programa do UOL Esporte logo após as partidas do Timão, os jornalistas Vitor Guedes e Ricardo Perrone analisaram o desempenho dos jogadores corintianos na partida contra o Internacional. Jô, que entrou em campo após o intervalo, mudou o panorama da partida: fez um gol e foi fundamental na melhora do Corinthians. Já Rafael Ramos falhou nos dois gols do Inter e teve uma atuação criticada.

Confira as notas para os jogadores e o técnico do Corinthians:

Cássio

Vitão - Foi muito bem, jogando contra os onze do Inter e o Rafael Ramos - 7,5

Perrone - Não teve culpa nos gols - 7,5

Rafael Ramos

Vitão - Fez uma partida bizarra. Errou tudo e falhou nos gols. Deu dois recuos absurdos para o Cássio. Teve uma atuação abaixo da crítica, independentemente do suposto caso de racismo - 0

Perrone - Falhou nos dois gols. Defensivamente, foi péssimo e não produziu na frente - 2

Gil

Vitão - Participou e lutou no lance do gol do Raul - 6,5

Perrone - Entrou na onda da defesa no primeiro tempo - 5

Raul Gustavo

Vitão - Pelo gol, pela raça e pela vontade, mas falhou no segundo gol. Não dá par levar um giro como ele levou - 6,5

Perrone - Fez um gol de luta, mas levou uma jantada no lance do segundo gol do Inter - 5,5

Bruno Melo

Vitão - Melhorou bastante no segundo tempo. As principais jogadas do Inter não foram pelo lado dele - 5

Perrone - Mais um da defesa que não foi bem. Não apoiou e chegou atrasado em alguns lances - 3,5

Du Queiroz

Vitão - Estava bem na armação, mas mal na marcação. Melhorou no segundo tempo - 6

Perrone - Foi mal no primeiro tempo, mas melhorou no segundo tempo - 5

Maycon

Vitão - Complicou-se com cartão amarelo que levou no primeiro tempo. Não foi o Maycon de outras atuações - 5,5

Perrone - Foi abaixo do que pode produzir, especialmente no primeiro tempo - 5,5

Renato Augusto

Vitão - Bateu o escanteio em que saiu o gol do Raul. Deu um ótimo passe no primeiro tempo - 7

Perrone -Não foi o Renato que conhecemos no primeiro tempo. Cresceu muito no segundo tempo - 7

Gustavo Mantuan

Vitão - Melhorou muito no segundo tempo. Criou jogadas e deu passe de cinema para o Jô - 7

Perrone - Fez uma boa partida e deu uma assistência incrível, uma pintura - 7

Willian

Vitão - Tentou procurar jogadas, mas esteve longe de estar em um grande dia - 6

Perrone - Faltou alguém para trabalhar ao lado dele - 5,5

Róger Guedes

Vitão - 4

Perrone - Brigou no lance do gol, mas só por essa jogada - 5,5

Vitão - Dispradao, o melhor do Corinthians. Mudou o jogo. Fez o time jogar, segurou o time do Inter, levou falta... - 8,5

Perrone - Está em fase espetacular - 8,5

Cantillo

Vitão - sem nota

Perrone - Discreto - 5

João Victor

Vitão - Entrou para segurar e jogou pouco tempo - sem nota

Perrone - 5,5

Gustavo Mosquito

Vitão - sem nota

Perrone - 5

Giuliano

Vitão - sem nota

Perrone - sem nota

Vitor Pereira

Vitão - Melhorou o time demais no intervalo. O Rafael Ramos vai para conta dele, porque foi uma indicação dele - 7

Perrone - Um primeiro tempo vergonhoso, mas arrumou o time. Poderia ter até vencido o jogo - 7

Não perca! A próxima edição da Live do Corinthians será na terça-feira (17), logo após a partida contra o Boca Juniors pela Libertadores. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Corinthians no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol