PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter x Corinthians tem polícia nos vestiários após acusação de racismo

Reprodução/Premiere
Imagem: Reprodução/Premiere

Do UOL, em Porto Alegre

14/05/2022 21h46

Classificação e Jogos

A acusação de racismo de Edenilson, que relatou ter sido chamado de 'macaco' por Rafael Ramos durante o segundo tempo do jogo Internacional x Corinthians, levou a polícia aos vestiários do estádio Beira-Rio. Dois agentes da Polícia Civil realizam uma averiguação do caso junto a jogadores e demais presentes no gramado do duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Edenilson deixou o gramado em silêncio, assim como os demais jogadores do Inter. Jô, atacante do Corinthians, foi o único atleta a falar na saída de campo. O camisa 77 relatou que o camisa 8 acusou Rafael Ramos de racismo.

O elenco do Inter decidiu esperar Edenilson falar primeiro para, depois, se manifestar. Ainda assim, o goleiro Daniel confirmou que o meia levou o tema para o vestiário depois do jogo.

"Ele (Edenilson) se manifestou, mas é coisa nossa. Vamos esperar as imagens e ver o que vai dar. Eu prefiro não comentar nada sobre isso", disse o goleiro do Internacional.

Futebol