PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Alberto Valentim rebate rumores após saída do Cuiabá: 'Falta de respeito'

Alberto Valentim, técnico do Cuiabá - AssCom Dourado
Alberto Valentim, técnico do Cuiabá Imagem: AssCom Dourado

Do UOL, em São Paulo

30/05/2021 17h12

O técnico Alberto Valentim se manifestou após ser demitido do Cuiabá após o empate por 2 a 2 com o Juventude na estreia do Brasileirão. Em publicação nas redes sociais neste domingo (30), o treinador classificou como "falta de respeito" os rumores sobre os motivos que levaram à sua demissão.

O comandante esclareceu que não houve atrito entre ele e os jogadores e disse que vai se pronunciar sobre a saída do clube no início da semana.

"Não houve, a despeito do que vem sendo publicado, nenhum tipo de desentendimento entre algum atleta do time e eu. Jogadores esses que sempre nos ajudaram a fazer o melhor todos os dias e que demonstraram muita tristeza com minha saída", disse.

"Lamento muito a falta de respeito com minha família e esposa, com quem me acompanha e gosta de mim, e quem sabe da seriedade do meu trabalho", acrescentou.

O UOL Esporte apurou que a decisão da demissão do treinador partiu da diretoria da equipe mato-grossense, formada pelos irmãos Alessandro Dresch (presidente) e Cristiano Dresch (vice-presidente).

Valentim comandou o time mato-grossense em apenas 10 jogos, sendo sete vitórias, três empates e nenhuma derrota. Além disso, o Cuiabá venceu o campeonato estadual de forma invicta.

Em contato com o UOL, a assessoria de imprensa do Cuiabá ainda esclareceu que, ao contrário dos boatos que circulam nas redes sociais sobre um possível desentendimento no vestiário, a conversa entre Valentim e a diretoria sobre a demissão ocorreu de forma amistosa.

Pelo novo regulamento do Brasileirão, os clubes poderão trocar de treinador apenas uma única vez. O time ainda não anunciou quem seguirá no comando do elenco nas próximas rodadas. O Cuiabá entrará em campo novamente no próximo final de semana, contra o Fluminense.

Futebol