PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Depois de Cazares, Corinthians foca em negociações com Jemerson e Otero

Otero ainda tem seu futuro indefinido no Corinthians  - Fernando Soutello/AGIF
Otero ainda tem seu futuro indefinido no Corinthians Imagem: Fernando Soutello/AGIF

Yago Rudá

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/03/2021 04h00

Classificação e Jogos

Depois de encaminhar a renovação do contrato de Cazares por mais três temporadas, o Corinthians tem novos objetivos para as próximas semanas. Além de terminar a limpa no elenco e negociar atletas que não serão utilizados pelo treinador Vagner Mancini, a diretoria pretende resolver pelo menos a situação de mais dois jogadores com o contrato terminando nos próximos meses: Jemerson e Otero.

Contratado junto ao Monaco, da França, o zagueiro Jemerson tem vínculo com o Corinthians até 30 de junho. Depois disso, o jogador ficará livre no mercado da bola para procurar um outro clube caso não amplie seu vínculo com o Alvinegro paulista. O Atlético-MG, inclusive, já sondou a situação do atleta e sinalizou disposição em tirá-lo do Timão para a disputa da temporada 2021.

A diretoria do Corinthians ainda nem sequer convocou os empresários de Jemerson para uma conversa formal sobre a renovação. Titular da zaga sob o comando de Mancini, o jogador está nos planos do Timão para a sequência da temporada e a tendência é de que o clube apresente uma proposta compatível com os valores do mercado. No entanto, o Alvinegro não fará loucuras para manter o atleta.

Outra situação que está no radar é a do meia-atacante Rómulo Otero. Com os direitos ligados ao Atlético-MG, o venezuelano também tem contrato com o Corinthians até 30 de junho e há a possibilidade de uma oferta de renovação. Contudo, o rendimento em campo do venezuelano não vem sendo o esperado. Neste momento, o Corinthians monitora a produtividade do jogador para definir se fará uma proposta de extensão de contrato.

O clube, no entanto, pretende enxugar a folha salarial e liberar atletas considerados caros. Por isso, há uma certa precaução com a situação de Otero, já que seu salário não é baixo. Ao todo, o dono da camisa 11 fez 26 partidas com a camisa do Timão e anotou dois gols.

De saída

Quem também deve sentar com a diretoria do Corinthians nos próximos dias é o atacante Everaldo. O atleta tem contrato até junho de 2023, mas já foi comunicado que não ficará para a disputa desta temporada. Os empresários do jogador buscam um novo clube e há um interesse do Sport, que pretende fechar um contrato de empréstimo. O desejo da cúpula do Alvinegro, no entanto, é negociar o atacante em definitivo.

As negociações devem demorar um pouco mais do que o habitual. O Corinthians vive um surto de Covid-19 em seu departamento de futebol e tem pelo menos 25 pessoas infectadas com o vírus, sendo 14 atletas e 11 funcionários. Entre eles, o gerente de futebol Alessandro Nunes e o diretor de futebol Roberto de Andrade.

Corinthians