PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Prefeito de Bérgamo vê jogo da Champions como bomba biológica

Estádio San Siro, antes do jogo entre Atalanta e Valencia - DANIELE MASCOLO/REUTERS
Estádio San Siro, antes do jogo entre Atalanta e Valencia Imagem: DANIELE MASCOLO/REUTERS

DO UOL, em São Paulo*

25/03/2020 12h10

Classificação e Jogos

O prefeito de Bérgamo, Giorgio Gori, disse ontem que a partida entre Atalanta e Valencia, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, foi uma bomba biológica que ajudou a disseminar o novo coronavírus pela região da cidade italiana que é um dos epicentros de covid-19.

Em 19 de fevereiro, o duelo entre as equipes contou com a presença de cerca de 45 mil torcedores que lotaram o estádio de San Siro, em Milão, que recebeu a partida diante da indisponibilidade do estádio de Bérgamo. Porém, grande parte dos fãs eram da cidade do clube anfitrião.

"O jogo foi uma bomba biológica. Naquela época, não sabíamos o que estava acontecendo. O primeiro paciente na Itália foi 23 de fevereiro. Se o vírus já estava em circulação, os quarenta mil torcedores que foram ao estádio San Siro foram infectados", disse.

"Ninguém sabia que o vírus já estava circulando entre nós. Muitos assistiram ao jogo em grupo e houve muito contato naquela noite. O vírus foi transmitido de um para o outro", completou.

O prefeito, porém, explicou que este não foi o único fator para a disseminação do novo coronavírus pela região.

"No começo não se imaginava que os primeiros pacientes estivessem contaminados com o coronavírus. Considere também que estamos numa região industrial, com grande densidade demográfica, concentração urbana, intensa circulação de pessoas e mercadorias" disse.

De acordo com os dados fornecidos pela Defesa Civil de ontem, desde o começo da epidemia no fim de fevereiro, a Itália registrou 6.820 mortos, dos quais 4.178 na Lombardia.

Dos 54.030 casos atualmente positivos no país, 30.703 estão na Lombardia. Nesta região do norte, a província de Bérgamo tem o maior número de contaminados: 6728.

*Com informações da RTI