PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Neymar e mais três brasileiros estão entre finalistas para seleção da Uefa

Neymar, Thiago Silva e Marquinhos, do PSG, estão ao lado de Alisson entre os escolhidos - Mark Robinson/Getty Images
Neymar, Thiago Silva e Marquinhos, do PSG, estão ao lado de Alisson entre os escolhidos Imagem: Mark Robinson/Getty Images

01/12/2020 13h18

A Uefa anunciou nesta terça-feira os 50 jogadores que concorrem a um lugar na seleção da Uefa de 2020, em lista que conta com quatro brasileiros, Neymar, Alisson, Thiago Silva e Marquinhos, além de domínio do Bayern de Munique, vencedor da Liga dos Campeões

A relação de pré-convocados conta com cinco goleiros, 15 defensores, 15 meias e 15 atacantes, de 19 diferentes nacionalidades. A equipe bávara, que venceu a mais recente edição da Champions, conta com dez representantes, a maior marca entre todos os clubes.

Entre os destaques do campeão europeu está o meia espanhol Thiago Alcântara, filho do tetracampeão mundial Mazinho, que trocou recentemente o Bayern de Munique, pelo Liverpool. Outros integrantes do time que são francos favoritos a estar na seleção da Uefa são o goleiro alemão Manuel Neuer e o atacante polonês Robert Lewandowski.

Entre os brasileiros, três defenderam o Paris Saint-Germain na final da Liga dos Campeões, o atacante Neymar, e os zagueiros Marquinhos, que vem atuando como volante, e Thiago Silva, que após o término da temporada se transferiu da equipe francesa para o Chelsea.

O quarto brasileiro entre os pré-selecionados pela Uefa é o goleiro Alisson, do Liverpool, único representante do futebol pentacampeão mundial que entrou na equipe ideal da entidade no ano passado.

A montagem da seleção será feita pelo público, através do site da Uefa.

Confira a lista de relacionados para concorrer a um lugar na seleção da Uefa:.

- Goleiros: Alisson (Liverpool); Anthony Lopes (Lyon); Keylor Navas (Paris Saint-Germain); Manuel Neuer (Bayern de Munique); e Jan Oblak (Atlético de Madrid).

- Defensores: David Alaba, Alphonso Davies e Joshua Kimmich (Bayern de Munique); Trent Alexander-Arnold, Andy Robertson e Virgil van Dijk (Liverpool); Angeliño e Dayot Upamecano (RB Leipzig); Juan Bernat e Presnel Kimpembe (Paris-Saint Germain); Matthijs de Ligt (Juventus); Stefan de Vrij (Inter de Milão); Hans Hateboer (Atalanta); Sergio Ramos (Real Madrid); e Thiago Silva (Paris Saint-Germain e Chelsea).

- Meias: Houssem Aouar (Lyon); Ever Banega (Sevilla e Al-Shabab); Nicolò Barella (Inter de Milão); Kingsley Coman, Leon Goretzka e Thomas Müller (Bayern de Munique); Kevin de Bruyne (Manchester City); Bruno Fernandes (Sporting e Manchester United); Alejandro Gómez e Josip Ilicic (Atalanta); Jordan Henderson (Liverpool); Marquinhos (Paris Saint-Germain); Marcel Sabitzer (RB Leipzig); Kai Havertz (Bayer Leverkusen e Chelsea); e Thiago Alcântara (Bayern de Munique e Liverpool).

- Atacantes: Erling Haaland (Borussia Dortmund); Ángel Di María, Kylian Mbappe e Neymar (Paris Saint-Germain); João Félix (Atlético de Madrid); Serge Gnabry e Robert Lewandowski (Bayern de Munique); Ciro Inmobile (Lazio); Harry Kane (Tottenham); Romelu Lukaku (Inter de Milão); Sadio Mane e Mohammed Salah (Liverpool); Lionel Messi (Barcelona); Cristiano Ronaldo (Juventus); e Raheem Sterling (Manchester City).

Futebol