PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Por que Jesus prefere Léo Pereira com Rodrigo Caio na zaga do Flamengo

Léo Pereira é o preferido de Jorge Jesus para ser o companheiro de zaga de Rodrigo Caio no Flamengo - Marcelo Cortes/Flamengo
Léo Pereira é o preferido de Jorge Jesus para ser o companheiro de zaga de Rodrigo Caio no Flamengo Imagem: Marcelo Cortes/Flamengo

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

16/03/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Flamengo perdeu para 2020 apenas uma peça da equipe que conquistou Libertadores, Brasileirão e Campeonato Carioca no ano anterior: o zagueiro Pablo Marí, vendido ao Arsenal em janeiro. A reposição foi rápida e em dobro: o Rubro-Negro buscou defensores jovens e ascensão em Gustavo Henrique, a custo zero, e Léo Pereira, abrindo disputa entre eles pela vaga ao lado de Rodrigo Caio na zaga. No começo desta temporada, apesar dos números inferiores, o preferido de Jorge Jesus é o camisa 4.

Consolidado como referência da defesa rubro-negra, Rodrigo Caio é um dos jogadores mais queridos pela torcida e foi desfalque sentido no início da temporada. Até por isso, a disputa se manteve aberta: jogando lado a lado, Gustavo e Léo puderam ser melhor analisados pela comissão técnica de Jesus.

O técnico português não esconde que prefere ter um jogador canhoto pelo lado esquerdo da defesa, tanto por critérios defensivos como para construção de jogo. Com a perna esquerda, Léo leva vantagem na marcação "mais natural" de jogadores pelo seu lado e tem a bola longa superior como trunfo para sair na frente na briga pela vaga.

Ainda assim, Gustavo teve melhores números até aqui. Mais alto e superior no jogo aéreo, o jogador foi o mais utilizado por Jesus na defesa, com dez jogos em 2020. Além disso, já desencantou, marcando de cabeça na vitória sobre o Barcelona do Equador. Mas não o suficiente para garantir um lugar no time.

Léo Pereira, por outro lado, teve início até certo ponto inconstante, com más atuações contra Fluminense e Boavista nas fases finais da Taça Guanabara.

Depois, entretanto, mais acostumado com as linhas altas da defesa no esquema de Jesus e também com mais entrosamento com seus companheiros, foi muito bem nas finais da Recopa Sul-Americana, contra o Independiente Del Valle (EQU), e também pela Libertadores, nas vitórias sobre Junior Barranquilla, da Colômbia, e Barcelona, do Equador..

Por isso, também, garantiu vaga ao lado de Rodrigo Caio na vtória sobre a Portuguesa. Jesus quis avaliar e dar rodagem à dupla, que havia atuado apenas no jogo de ida contra o Del Valle, em Quito, pela Recopa. Já com Gustavo Henrique, o camisa 3 atuou na Supercopa do Brasil, contra o Athletico Paranaense, mas Léo Pereira estava lesionado. Com todos à disposição, o português pode não ter uma ideia 100% fechada, mas já mostrou a sua preferência.

Flamengo