PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Tardelli é o novo livre: veja sete jogadores ainda sem destino no mercado

Diego Tardelli deixou o Grêmio no vai e vem do mercado da bola e não tem futuro garantido - Pedro H. Tesch/AGIF
Diego Tardelli deixou o Grêmio no vai e vem do mercado da bola e não tem futuro garantido Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

18/01/2020 04h00

Diego Tardelli rescindiu com o Grêmio na quinta-feira (16) e está livre para assinar com outro clube no mercado da bola. O caso do atacante de 34 anos é semelhante ao de vários outros atletas do futebol brasileiro. Há outros jogadores, de currículo extenso e que já foram ídolos em grandes clubes, que estão disponíveis para fechar com outro clube nesta janela de transferências.

O UOL Esporte apresenta uma lista com nomes que podem acertar com novos clubes em 2020. Veja, abaixo, jogadores que estão disponíveis no mercado da bola.

Diego Tardelli

Depois de rescindir o seu contrato com o Grêmio, o atacante não tem futuro definido. O UOL Esporte apurou que alguns clubes brasileiros fizeram contato com o estafe do jogador, mas ainda não houve proposta oficial para contratá-lo. Aos 34 anos, o atleta aguarda uma oferta para definir se ficará no Brasil ou se pode voltar ao exterior para a sequência da carreira. No fim do ano passado, ele pensou em se aposentar, mas a ideia não foi para frente.

Diego Souza

A trajetória de Diego Souza no Botafogo chegou ao fim. Depois de reunião ocorrida em 6 de janeiro, ficou alinhado entre as partes um acordo para a rescisão de contrato do jogador — o vínculo iria até 2021. As conversas vinham acontecendo desde a reta final do Campeonato Brasileiro. A reunião para definir a situação estava marcada para 6 de janeiro, mas Diego Souza pediu para participar e foi agendado um novo encontro para 8 de janeiro. Carlos Augusto Montenegro e Eduardo Uram, agente do atleta, no entanto, resolveram tudo sem a presença do centroavante.

Vitor Silva/Botafogo
Imagem: Vitor Silva/Botafogo

Thiago Neves

Bruno Haddad/Cruzeiro
Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

O estafe de Thiago Neves e a diretoria do Cruzeiro não estão dispostos a ter uma nova conversa sobre o futuro do jogador, que tem contrato até dezembro de 2020. Depois do primeiro encontro, no início de janeiro, as partes até ensaiaram mais uma reunião para discutir o imbróglio. No entanto, não houve consenso. Os representantes do atleta e o clube estão dispostos a manter a briga na Justiça. O meia-atacante de 34 anos cobra R$ 16 milhões por dívidas antigas dos mineiros e tenta a rescisão unilateral em uma ação judicial movida nos últimos dias de dezembro de 2019. Ele despertou interesse de Boca Juniors, River Plate e Al Hilal.

Elias

Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Elias teve a saída confirmada do Atlético-MG após três anos. Ele foi liberado da apresentação para o início da pré-temporada, marcada para 8 de janeiro na Cidade do Galo. O diretor de futebol Rui Costa foi o responsável por comunicá-lo. O volante tem vínculo até 31 de janeiro de 2020. No entanto, está liberado para procurar um novo clube. Há interessados no Brasil e no exterior em contar com o meio-campista de 34 anos, conforme apurado pelo UOL Esporte.

Fredy Guarín

Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

O Vasco tem um impasse para renovar o contrato do meia Guarín. Destaque do clube no fim da temporada, o colombiano de 33 anos ficou chateado com os salários atrasados e impôs uma condição para negociar sua permanência em São Januário para 2020: receber o que tem direito. Ele ainda não tem o futuro definido e deve deixar o São Januário em breve.

Fabrício Bruno

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Depois de acionar o Cruzeiro na Justiça e solicitar cerca de R$ 4 milhões, além da rescisão unilateral, Fabrício Bruno fez um acordo com o clube e obteve a liberação de forma amigável. O zagueiro deixou a Toca da Raposa II nos últimos dias e tem interesse do Red Bull Bragantino e do Celtic, da Escócia. Ele, contudo, deve optar por uma oferta no futebol europeu.

Bruno

Bruno não ficou no Inter para 2020. Com contrato se encerrando, o lateral de 34 anos já tem algumas sondagens para a temporada. O seu futuro é uma incógnita. Ele ainda não encontrou uma equipe no mercado da bola.

Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Futebol