PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

CR7, Varane e volante inglês: os alvos do Manchester United nesta janela

Raphaël Varane pode ser o próximo reforço do Manchester United - DeFodi Images via Getty Images
Raphaël Varane pode ser o próximo reforço do Manchester United Imagem: DeFodi Images via Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

02/07/2021 04h20

Transformado em coadjuvante do futebol inglês nas últimas temporadas pelo sucesso de Manchester City, Liverpool e Chelsea, o Manchester United pretende fazer tudo que for possível para retomar o protagonismo e voltar aos holofotes.

O clube, que venceu a Liga dos Campeões da Europa pela última vez em 2008 e já está há oito anos sem vencer a Premier League, planeja uma janela de transferências com a chegada de astros que possam fortalecer o time dentro de campo e também melhorar a imagem fora dele.

O sonho é trazer de volta o ídolo Cristiano Ronaldo, grande nome da conquista mais recente da Champions. Mas, mesmo que esse desejo não se concretize, outros novos pesos pesados devem vestir a camisa vermelha depois das férias do verão europeu.

Quem chega?

O caminho das estrelas que o United pretende ter na próxima temporada começou a ser construído ontem. Depois de anos de interesse, o clube enfim anunciou a contratação de Jadon Sancho. O jovem astro, que defendia o Borussia Dortmund, custou 85 milhões de euros (R$ 505,5 milhões) e é a contratação mais cara do planeta nesta janela.

Mesmo com a chegada do habilidoso ponta, a equipe de Old Trafford deve continuar em busca de mais um grande nome para seu ataque. Se for impossível repatriar CR7, talvez possa pintar a contratação do argentino Paulo Dybala, seu companheiro na Juventus, que pode ser incluído em uma possível transferência de Paul Pogba para a Itália.

O outro reforço de peso imaginado pelo United é para o setor defensivo. O clube pretende tirar o francês Raphaël Varane do Real Madrid. De acordo com a ESPN norte-americana, as conversas já estão bastante adiantadas e o negócio, caso seja realmente concretizado, deve movimentar valores semelhantes ao de Sancho.

O meio-campo dos Red Devils também não deve passar ileso pela janela de transferências. A preferência é por Declan Rice, jogador do West Ham que é titular da seleção inglesa na Eurocopa. O português Rúben Neves (Wolverhampton) e o austríaco Marcel Sabitzer (RB Leipzig) são outras opções consideradas.

Quem sai?

Como dito acima, a maior possível baixa do United nesta janela de transferências pode ser Pogba. Apesar de não estar rendendo como o esperado na equipe inglesa, o meia francês fez uma ótima Eurocopa e voltou à mira da Juventus, clube que defendeu no início de carreira.

Outro meio-campista que não se adaptou bem ao time de Manchester e por isso pode ter em breve uma nova experiência profissional é Donny van de Beek. Reserva durante a temporada passada, o holandês também é alvo da Juventus e tem o Arsenal no seu encalço.

Uma despedida certa do United é a do goleiro argentino Sergio Romero, que está sem contrato desde ontem e terá de buscar um novo clube para dar sequência à carreira. O vínculo do meia espanhol Juan Mata também chegou ao fim, mas existe uma pequena chance de se renovado.

Quem volta?

Dos jogadores que estavam cedidos a outros clubes na temporada passada, o principal nome que retorna a Old Trafford nesta janela é o meio-campista Jesse Lingard, destaque do West Ham na reta final do Campeonato Inglês.

Mas é pouco provável que o técnico Ole Gunnar Solskjaer decida usá-lo em 2021/2022. Afinal, o meia tem uma grande rejeição da torcida. Por isso, o caminho mais provável para o United é aproveitar que Lingard está em alta no Mercado da Bola para tentar fazer algum dinheiro com ele.

Quem efetivamente pode ter uma chance no time é o lateral direito Diogo Dalot, que defendeu o Milan nos últimos meses. Mas ele só será reanexado ao elenco se o Real Madrid não transformar o interesse apresentado pelo defensor em uma proposta razoavelmente interessante.

Outros garotos que permanecem como apostas para o futuro, como o holandês Tahith Chong e o uruguaio Facundo Pellistri, provavelmente serão emprestados mais uma vez para ganhar experiência. Já o meia brasileiro Andreas Pereira pode ser liberado em definitivo se surgir algum interessado em contratá-lo.