PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

Ibra e Haaland alcançam top 10 da Chuteira de Ouro e já ameaçam Lewandowski

Ibrahimovic é o artilheiro do Campeonato Italiano e já mira Chuteira de Ouro - Miguel Medina / AFP
Ibrahimovic é o artilheiro do Campeonato Italiano e já mira Chuteira de Ouro Imagem: Miguel Medina / AFP
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

24/11/2020 04h20

Zlatan Ibrahimovic tem 39 anos e vive já a reta final de uma carreira repleta de conquistas e reconhecimento pela sua facilidade em meter bolas dentro das redes adversárias. Erling Haaland só completou o 20º aniversário alguns meses atrás, ainda tem uma longa história para ser escrita nos gramados, mas já é reconhecido como um dos grandes centroavantes da atualidade.

Pois o astro sueco do Milan e a promessa norueguesa do Borussia Dortmund estão despontando como principais ameaças ao favoritismo de Robert Lewandowski na Chuteira de Ouro.

Com grandes atuações no fim de semana (Ibra fez dois na vitória por 3 a 1 sobre o Napoli e Haaland marcou logo quatro gols no 5 a 2 ante o Hertha Berlim), a dupla chegou ao top 10 do prêmio concedido anualmente ao artilheiro máximo dos campeonatos nacionais da Europa.

Ambos dividem a sétima posição da artilharia continental com o inglês Dominic Calvert-Lewin, do Everton. Os três têm 20 pontos cada e estão um gol atrás de Lewa, terceiro colocado na disputa.

O centroavante polonês do Bayern de Munique, que soma 22 pontos até o momento, passou em branco na última rodada do Campeonato Alemão, mas ainda é o nome a ser batido na Chuteira de Ouro. Isso porque quem aparece acima dele já está na reta final da temporada.

Líder do prêmio, com 28,5 pontos, o bielorrusso Maksim Skavysh, do BATE Borisov, encerra sua participação nas ligas nacionais de 2020/21 neste sábado. Depois, não poderá mais pontuar. O segundo colocado, Jasur Yakhshiboev, do Shakhtjor Soligorsk, também de Belarus, está na mesmíssima situação.

O maior vencedor da história da Chuteira de Ouro é o argentino Lionel Messi, que já conquistou a honraria em seis oportunidades. Neste ano, o camisa 10 do Barcelona ocupa apenas a 250ª colocação, com seis pontos somados até o momento.

O italiano Ciro Immobile (Lazio), atual vencedor do prêmio, também está longe da briga por mais um troféu. Com oito pontos, aparece somente em 211º.

O Brasil não fatura a taça desde 2001/02, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada europeia. O ex-centroavante do Grêmio também levantou o troféu em 1998/99. Além dele, apenas Ronaldo (1996/97) já colocou o país no lugar mais alto do pódio.

Nesta temporada, o brasileiro mais bem posicionado é o meia-atacante Gabriel Ramos, ex-Bahia e Cuiabá, que joga pelo Torpedo Zhodino, de Belarus. Com dez gols e 15 pontos, ele divide a 33ª colocação com outros nove jogadores.

O "Blog do Rafael Reis" publica a cada terça-feira uma nova parcial da corrida pelo posto de artilheiro máximo do Velho Continente.

Confira a classificação da Chuteira de Ouro

1 - Maksim Skavysh (BLR, BATE Borisov) - 28,5 pontos (19 gols)
2 - Jasur Yakhshiboev (UZB, Shakhtjor Soligorsk) - 24 pontos (16 gols)
3 - Rauno Sappinen (EST, Flora Tallinn) - 22 pontos (22 gols)
Robert Lewandowki (POL, Bayern de Munique) - 22 pontos (11 gols)
5 - Amahl Pellegrino (NOR, Kristiansund) - 21 pontos (14 gols)
Jesper Karlsson (SUE, AZ Alkmaar) - 21 pontos (14 gols)
7 - Dominic Calver-Lewin (ING, Everton) - 20 pontos (10 gols)
Erling Haaland (NOR, Borussia Dortmund) - 20 pontos (10 gols)
Zlatan Ibrahimovic (SUE, Milan) - 20 pontos (10 gols)
10 - Christoffer Nyman (SUE, Norrköping) - 19,5 pontos (13 gols)
Isaac Kiese Thelin (SUE, Malmö) - 19,5 pontos (13 gols)