PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

Por que o Dortmund faz contagem regressiva para escalar menino de 15 anos?

Youssoufa Moukoko completa 16 anos em 20 de novembro e poderá estrear pelo Dortmund - Getty Images
Youssoufa Moukoko completa 16 anos em 20 de novembro e poderá estrear pelo Dortmund Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

06/11/2020 04h00

Os torcedores do Borussia Dortmund aguardam ansiosos pela chegada de 20 de novembro. A contagem regressiva tem uma explicação. A partir desse dia, uma das mais badaladas promessas da história recente do futebol mundial estará apto a estrear como profissional.

Tratado como fenômeno desde que desembarcou nas categorias de base do clube, o atacante Youssoufa Moukoko está a duas semanas de completar 16 anos, idade mínima exigida para disputar jogos da primeira divisão do Campeonato Alemão.

De acordo com a expectativa da imprensa germânica, é bem possível que o centroavante dispute seu primeiro jogo como adulto já no dia seguinte ao seu aniversário, contra o Hertha Berlim. E que seja fixado no elenco da equipe principal comandada por Lucien Favre.

O motivo da pressa, mesmo em um clube que já conta com Erling Haaaland e não precisa tanto de um novo fazedor de gols, é a proporção que o fenômeno Moukoko alcançou ao longo das últimas temporadas.

Desde que desembarcou na base do Dortmund, o atacante nascido em Camarões, mas já naturalizado alemão, anotou 141 gols em 88 partidas que disputou. E um detalhe: ele jamais atuou em sua categoria, ou seja, sempre enfrentou adversários mais velhos.

Quando tinha 12 anos, Moukoko atuava na equipe sub-17. Foi nessa época, aliás, que ele começou a ficar famoso e assinou um contrato de patrocínio com a Nike que pode chegar à casa de 10 milhões de euros (R$ 66,2 milhões).

Aos 14, foi promovido para o time sub-19 e passou a enfrentar marcadores até cinco anos mais velhos que ele. Logo no ano de estreia, meteu 34 bolas nas redes em 20 partidas e quebrou o recorde do Campeonato Alemão da categoria. Só o Wuppertal levou oito gols do fenômeno em dois encontros com ele.

Nesta temporada, os números do garoto têm sido ainda mais impressionantes. Enquanto espera o aniversário que lhe vai permitir jogar contra os adultos, Moukoko vai acumulando um hat-trick atrás do outro.

O centroavante fez pelo menos três gols em todas as quatro partidas que disputou pelo Dortmund sub-19 desde setembro. No total, já são 13 tentos em apenas quatro apresentações (três pela liga nacional e uma na copa).

A trajetória de Moukoko na base é uma prova de que ele tem talento, mas nenhuma garantia de que fará sucesso no futebol profissional.

Sua história lembra um pouco a do norte-americano Freddy Adu, que disputou o Mundial sub-20 quanto tinha 13 anos, virou profissional aos 15, foi chamado de "Pelé do século XXI" e hoje atua na quarta divisão da Suécia.

O Dortmund ocupa a vice-liderança do Alemão, com os mesmos 15 pontos do Bayern de Munique, mas leva desvantagem no saldo de gols. As duas equipes fazem amanhã um confronto direto pela ponta.

Já na Champions, os aurinegros estão relativamente tranquilos. Com a vitória por 3 a 0 sobre o Brugge, na quarta-feira, estão na primeira posição do Grupo F, com seis pontos conquistados